web analytics
  • livros

    Resenha: A Garota que Bebeu a Lua

    Livro: A Garota que Bebeu a Lua Autora: Kelly Barnhill Editora: Galera Record Rating: [rating=5] Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads + Exemplar cedido pela editora para resenha Sinopse Todo ano o povo do Protetorado deixa um bebê como oferenda para a Bruxa que vive na floresta, na esperança de que o sacrifício a impeça de aterrorizar sua pequena cidade protegida pelos muros e pela Torre das Irmãs da Guarda. Mas, Xan, a Bruxa na floresta, ao contrário do que eles acreditam, é bondosa. Ela vive em paz com um Monstro do Pântano muito inteligente e um Dragão Perfeitamente Minúsculo. Todo ano ela resgata o bebê deixado pelos Anciãos…

  • livros

    Resenha: É Assim que Acaba

    Livro: É Assim que Acaba Autora: Colleen Hoover Editora: Galera Record Rating: [rating=4] Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads + Exemplar cedido pela editora para resenha Sinopse Lily nem sempre teve uma vida fácil, mas isso nunca a impediu de trabalhar arduamente para conquistar a vida tão sonhada. Ela percorreu um longo caminho desde a infância, em uma cidadezinha no Maine: se formou em marketing, mudou para Boston e abriu a própria loja. Então, quando se sente atraída por um lindo neurocirurgião chamado Ryle Kincaid, tudo parece perfeito demais para ser verdade. Ryle é confiante, teimoso, talvez até um pouco arrogante. Ele também é sensível, brilhante e se sente…

  • livros

    Resenha: Mamãe & Eu & Mamãe

    Livro: Mamãe & Eu & Mamãe Autora: Maya Angelou Editora: Rosa dos Tempos Rating: [rating=4] Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads + Exemplar cedido pela editora para resenha Sinopse Último livro publicado pela poeta e ativista, Maya Angelou, Mamãe & Eu & Mamãe descreve seu relacionamento conturbado com a mãe, a empresária Vivian “Lady” Baxter, com quem voltou a morar aos 13 anos, depois de dez sob os cuidados da avó paterna. É a jornada de uma mãe e filha em busca de reconciliação assim como uma reveladora narrativa de amor e cura. “Conduzindo-nos a um portal no qual acessamos em profundidade temas como casamento, cuidado, família, maternidade, lazer…

  • livros

    Resenha: Um Amor Perdido

    Livro: Um Amor Perdido Autora: Alyson Richman Editora: Bertrand Brasil Rating: [rating=5] Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads + Exemplar cedido pela editora para resenha Sinopse Separados pela guerra, ligados pela memória: uma história envolvente e instigante no rastro da Segunda Guerra Mundial. Na Praga do pré-guerra, Lenka, uma jovem estudante de arte, apaixona-se por Josef, um médico recém-formado. Eles vivem cheios de ideais e de sonhos para o futuro, mas também são judeus e muito ligados à família. Casam-se, mas, pouco tempo depois, como tantas outras famílias, são separados pela guerra. As escolhas impostas pelo destino os afastam, mas deixam marcas permanentes: o caos e as informações truncadas…

  • livros

    Resenha: Feminismo em Comum

    Livro: Feminismo em Comum: para todas, todes e todos Autora: Marcia Tiburi Editora: Rosa dos Tempos Rating: [rating=4] Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads + Exemplar cedido pela editora para resenha Sinopse O que chamamos de patriarcado é um sistema profundamente enraizado na cultura e nas instituições, o qual o feminismo busca desconstruir. Ele tem por estrutura a crença em uma verdade absoluta, que sustenta a ideia de haver uma identidade natural, dois sexos considerados normais, a diferença entre os gêneros, a superioridade masculina, a inferioridade das mulheres e outros pensamentos que soam bem limitados, mas ainda são seguidos por muitos. Com este livro, Marcia Tiburi nos convida a…

  • livros

    Resenha: Mary Barton (e como os romances históricos estão me ajudando)

    Livro: Mary Barton Autora: Elizabeth Gaskell Editora: Record Rating: [rating=4] Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads + Exemplar cedido pela editora para resenha Sinopse Clássico impactante e à frente de seu tempo, de uma das grandes escritoras inglesas do século XIX, Elizabeth Gaskell Elizabeth Gaskell escreveu este romance em meio à crescente Revolução Industrial, ocorrida no século XIX, e às lutas trabalhistas por mais direitos. Apesar de sua origem burguesa e embora ela não tivesse a intenção de apoiar diretamente a revolução, o livro chegou a ser considerado subversivo devido à sensibilidade com que lida com a causa trabalhista. Além disso, sua protagonista ganha status de heroína, papel que…