Resenha: Princesa das Cinzas

Livro: Princesa das Cinzas
Autoria: Laura Sebastian
Tradução: Raquel Zampil
Editora: Arqueiro
Rating: [rating=4]
Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Exemplar cedido pela editora para resenha


Sinopse

Theodosia era a herdeira do trono de Astrea quando seu reino foi invadido, deixando um rastro de destruição.

Dez anos depois, a princesa, órfã, prisioneira e subjugada, percebe que não lhe resta mais nada, a não ser lutar pela própria liberdade.

O passado, que por tanto tempo ficou enterrado, agora precisa vir à tona para mostrar a Theodosia os caminhos que poderão levá-la de volta ao trono.

Mas Theo conseguirá ser a rainha de que seu povo precisa? Ou será que anos de humilhações transformaram a herdeira da Rainha do Fogo em meras cinzas?


Capa & Diagramação

Apesar de ser uma febre ultimamente confesso que gosto das capas com coroas. Quando são bem feitas e fazem ligação direta com o conteúdo do livro, as capas de coroas ainda são muito válidas. No caso de Princesa das Cinzas a ilustração simboliza um aspecto muito marcante da história. A diagramação interna é comum e proporciona uma leitura confortável.

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Eu me surpreendi e fiquei super animada com a nova aposta da Arqueiro. A editora não tem tanto histórico com esse gênero literário e espero que depois desse venham muitos.

Eu estava sentindo falta de ler um bom livro de fantasia! Princesa da Cinzas tem vários ingredientes que prometem me conquistar: protagonista feminina forte, resistência, rebelião e fantasia.

A leitura já começa com uma cena muito impactante e, eu acredito, a cena mais importante da história. É a cena mais marcante para a protagonista, a que acende as chamas que a fazem lutar pelo que acredita.

O embasamento para a apatia, a incapacidade e, mais tarde, a revolta e a rebelião é sólido e bem justificado. Eu diria que, na tentativa de reforçar as motivações da protagonista, o livro fica até um pouco repetitivo.

“Dou uma última olhada no reflexo no espelho. As cinzas já começam a se espalhar pelo rosto e o nariz, me marcando. A tinta vermelha que usei nos lábios parece sangue fresco. Debaixo dela, vejo fragmentos de minha mãe me fitando de volta, mas são fragmentos retorcidos com o ódio e a fúria que ela nunca precisou conhecer.”

Os momentos de covardia e fraqueza, no entanto, conferem realidade a princesa em meio ao mundo fantástico. A autora consegue fazer com que o leitor sinta raiva, solidão, esperança e agonia em diversos momentos da história.

A construção do universo fantástico e do enredo baseado em disputas por poder e riquezas é um dos pontos fortes desse romance fantástico. Eu já li muitos livros de fantasia nessa vida e sinto quando estou lendo mais do mesmo. No caso de Princesa das Cinzas, apesar de carregar outros clichês, a construção de mundo me pareceu diferente de tudo que eu já li.

A obra é o livro de estreia da autora Laura Sebastian e faz parte de uma trilogia. Quero muito ler os próximos pois a história parou num ponto em que várias coisas interessantes podem se desenvolver.

Pontos positivos: protagonista forte e verossímil, universo fantástico bem fundamentado.
Pontos negativos: o ritmo da leitura fica lento em certo ponto pela repetição excessiva dos dilemas da protagonista.

By Evelyn

Viciada em farinha láctea, cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *