Resenha: 13 Segundos

Livro: 13 Segundos
Autoria: Bel Rodrigues
Editora: Galera Record
Rating: [rating=4]
Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Exemplar cedido pela editora para resenha


Sinopse

O fim de um relacionamento é sempre um período difícil, mas isso se intensifica quando você está no último ano do colegial e precisa decidir o que será do seu futuro. Lola sabe que a decisão foi o melhor para os dois, mas aquela saudade de alguém que estava sempre presente é inevitável. Agora, tudo que Lola quer é deixar isso para trás e focar em pôr a vida em ordem novamente, se redescobrindo após um relacionamento que exigiu tanto dela e reavaliando suas prioridades: estudo, amigos, família e o canto, sua maior paixão. Com o corte do coral das atividades extras, a garota finalmente decide ouvir seus amigos e resolve criar um canal no YouTube para postar alguns covers, nada mais do que um hobby para substituir seu tão amado coral. Focada em não se relacionar seriamente e aproveitar as festas do último ano, tudo parece se alinhar quando Lola conhece John, um intercambista que busca exatamente o mesmo que ela: se divertir e criar memórias inesquecíveis. Quanto mais as coisas mudam, mais a garota percebe como perdera seu tempo tentando salvar um relacionamento que já estava naufragado, e como agora ela se sentia genuinamente feliz com as pessoas incríveis à volta e seu grande hobby se tornando cada vez mais influente. Entre conselhos sinceros, noites quentes e provas do Ensino Médio, a única coisa que Lola não poderia prever era o quão rápido tudo poderia desmoronar. Em treze segundos, especificamente.


Capa & Diagramação

A mistura de cores e ilustrações faz com que essa capa fuja do padrão de capas de livros adolescentes. Sem contar que ornou tão bem que é gostoso ficar admirando a capa! Eu adoraria ter um poster com essa ilustração! A diagramação interna é bem comum e proporciona uma leitura confortável.

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Ultimamente eu não tenho tolerado muito bem literatura adolescente (a não ser que seja uma fantasia das boas). Acho que é só uma fase, enjoei um pouco mas daqui a pouco passa. No entanto, quando se trata de Bel Rodrigues eu abro uma exceção.

A Bel tem um gosto literário muito diferente do meu mas gosto muitos dos assuntos que ela traz para discussão em seu canal, gosto do posicionamento dela, como ela expõe as ideias e a sensibilidade com a qual ela constrói seus argumentos.

Com isso em mente eu sabia que essa leitura não seria apenas um entretenimento vazio. E, para o meu contentamento isso se confirmou. O enredo é bem adolescente (o que é ótimo para atingir o público alvo de seu canal) e traz, de forma natural, fatos e detalhes que fazem os jovens brasileiros se identificarem com os personagens. Acho isso bem difícil de se fazer devido a quantidade de livros estrangeiros que o público brasileiro lê.

Utilizando-se da realidade adolescente brasileira, Bel trouxe a tona assuntos de muita relevância no momento atual. Como essa resenha não tem spoilers eu nem vou abordar o tema para não estragar a experiência de leitura para você (ainda mais se você é como eu e se joga nas leituras sem nem ao menos ler a sinopse).

Um fato que me causou estranhamento foi a total ausência do assunto de Enem e vestibulares. Considerando que os personagens eram estudantes no último ano do ensino médio é bem estranho que um jovem brasileiro não esteja vivendo todo aquele turbilhão de ansiedade e preparação para os exames, a incerteza do futuro, indecisão profissional e etc.

“Será que ele tinha noção de que estava começando uma tempestade dentro de mim?”

Aliado a isso, achei que faltou um pouco de profundidade nos personagens da turma de amigos de Lola. Em alguns momentos achei que as soluções da trama eram simples demais como a perfeição de John e o sucesso imediato do canal de covers no YouTube criado por Lola.

Entendo que a autora pode não ter abordados alguns assuntos com medo de inserir muitas coisas no enredo e acabar perdendo o foco. De qualquer maneira, nada disso impediu que a mensagem principal fosse passada aos leitores e considero uma bela estreia para a autora. Fico feliz que o livro parece ter sido um sucesso de vendas e espero que outros venham a seguir!

Pontos positivos: tema relevante, leitura leve e rápida.
Pontos negativos: enredo raso e simples.

By Evelyn

Viciada em farinha láctea, cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *