web analytics
livros

Resenha: Um de Nós Está Mentindo

Livro: Um de Nós Está Mentindo
Autora: Karen M. McManus
Editora: Galera Record
Rating: [rating=4]
Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Cópia antecipada recebida como cortesia da editora.


Sinopse

Cinco alunos entram em detenção na escola e apenas quatro saem com vida. Todos são suspeitos e cada um tem algo a esconder. Numa tarde de segunda-feira, cinco estudantes do colégio Bayview entram na sala de detenção: Bronwyn, a gênia, comprometida a estudar em Yale, nunca quebra as regras. Addy, a bela, a perfeita definição da princesa do baile de primavera. Nate, o criminoso, já em liberdade condicional por tráfico de drogas. Cooper, o atleta, astro do time de beisebol. E Simon, o pária, criador do mais famoso app de fofocas da escola. Só que Simon não consegue ir embora. Antes do fim da detenção, ele está morto. E, de acordo com os investigadores, a sua morte não foi acidental. Na segunda, ele morreu. Mas na terça, planejava postar fofocas bem quentes sobre os companheiros de detenção. O que faz os quatro serem suspeitos do seu assassinato. Ou são eles as vítimas perfeitas de um assassino que continua à solta? Todo mundo tem segredos, certo? O que realmente importa é até onde você iria para proteger os seus.


Capa & Diagramação

A capa chama muita atenção pois foge do comum e traz um fator intrigante que já faz o leitor ter vontade de abrir o livro e começar a leitura no mesmo momento! O mistério de não conseguir ver os rostos me intrigou muito! Mas foi legal pois ao decorrer da leitura acabei compondo as feições de cada personagem do meu jeito. A diagramação interna é limpa e de leitura confortável.

Personagens, Enredo & Impressões gerais

O que eu mais temia, ao iniciar essa leitura, era que o livro tivesse aquela atmosfera adolescente bem marcada, com os dramas da vida escolar, festinhas, bullying e etc. Surpreendentemente, Karen McManus consegue fugir de todos esses clichês e criar uma trama imersa nesse ambiente mas que foge de todos os clichês do gênero.

As relações pessoais são bem reais, assim como as descrições dos acontecimentos. A autora dá muita naturalidade e realismo ao jeito de seus personagens agirem, descrevendo detalhes que fazem com que a cena se pareça muito com algo que o leitor viveria na vida real (tipo um espirro ou um tropeço no meio de uma conversa).

“Há coisas que são impossíveis de serem desfeitas, não importa o tamanho das boas intenções.”

O ritmo que a escrita é incrível! Só lá pelo final, antes da resolução do mistério senti que o andamento caiu. Falando em final, acabei achando a resolução rápida demais! Parece que o que aconteceu depois com os personagens recebeu mais atenção da autora que a resolução do fato em si e do qual todo o livro girou em torno.

Com a utilização de vários personagens secundários a autora conseguiu contemplar vários temas diferentes e bem pertinentes. O interessante foi que ela escolheu alguns personagens que receberam mais destaque no desenvolvimento do enredo e, logo, na resolução da história, mesclando um elemento a mais (não quero dar spoiler!) ao clima tenso de mistério.

Adorei ver várias citações de filmes, atores e atrizes, séries e bandas da atualidade. Todas as citações são colocadas de forma muito natural no enredo, sem parecer algo forçado.

O crescimento dos vários personagens foi um elemento positivo da história. Nesse aspecto a autora não conseguiu fugir do clichê mas sempre gosto de comparar a maneira com a qual o personagem iniciou a história e como ele está quando tudo termina.

O final não foi uma grande surpresa porém gostei da maneira como ela executou a conclusão (só achei muito rápida!). Essa leitura promete agradar leitores de muitas preferências literárias diferentes (vide as notas dadas no Skoob e no Goodreads) por isso recomendo esse livro para todo mundo!

Pontos positivos: foge de vários clichês de histórias adolescentes e a escrita é viciante.
Pontos negativos: resolução muito rápida.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

One Comment

  • Jess @pequenoslivrosNo Gravatar

    E esse Trono de Vidro ai no fundo, hein?? Hahahaha meus olhos foram logo no nome Celaena! < fora que eu coloquei expectativa demais e achei uma baita enrolação… no final, é o par romântico de um dos jovens que "joga" uma ideia no ar e então uma possível solução é percebida… achei meio blé!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *