web analytics
livros

Resenha: Fazendo as Pazes com o Corpo

Livro: Fazendo as Pazes Com o Corpo
Autora: Daiana Garbin
Editora: Sextante
Rating: [rating=4]
Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Exemplar cedido pela editora para resenha


Sinopse

Daiana Garbin passou 22 anos odiando o próprio corpo. Sentia-se eternamente inadequada, desejava ser reta, seca. Só pele e osso. Tinha vergonha de si mesma e de seu descontrole diante da comida.

Encarou dietas hiper-restritivas, passou por três cirurgias plásticas, fez procedimentos estéticos agressivos e ficou viciada em remédios para emagrecer – sempre acreditando que um corpo magro lhe traria paz e felicidade.

Foi só depois de muito sofrimento que ela descobriu que a insatisfação profunda que sentia em relação ao corpo não era vaidade nem frescura: era doença.

Diagnosticada com transtorno alimentar, Daiana decidiu compartilhar sua história para ajudar as pessoas que sofrem em silêncio por querer se enquadrar em padrões inatingíveis e acabam deixando de aproveitar a própria vida.

Neste livro, ela revela o longo caminho que percorreu para aprender a ficar em paz com seu corpo e com a comida – os altos e baixos, o que deu certo e o que deu errado, as vezes que quis desistir e o momento em que percebeu que existia uma saída.


Capa & Diagramação

A capa é bem elegante e bonita e o projeto gráfico inteiro segue o mesmo estilo. A diagramação torna a leitura confortável e agradável.

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Fazendo as Pazes com o Corpo causou uma revolução na maneira como eu me vejo e na maneira como enxergo quão prejudicial podemos ser para nós mesmas. Todos nós vivemos num mundo de insatisfação com a própria imagem. Mesmo quando achamos que uma coisa está boa sempre queremos melhorá-la. É uma insatisfação constante que acaba por trazer angustias e inúmeras limitações para nossa vida.

Já parou para pensar quantas roupas já deixou de vestir, quantos lugares já deixou de ir, por quantas experiências já deixou de passar por ter inseguranças e insatisfação com o próprio corpo? Embora eu nunca tenha tido problemas com peso tenho muitos problemas com minha imagem corporal e me identifiquei bastante com alguns relatos.

O livro foca nas questões de insatisfação quanto ao peso, distúrbios de imagem corporal, bulimia, anorexia e outros fatores acarretados por tais distúrbios como utilização de remédios, excesso de cirurgias plásticas, depressão e etc.

Apesar de ser um tema recorrente no cotidiano eu não tinha ideia de quão longe alguns distúrbios podem levar as pessoas. Durante a leitura eu vivi um misto de sentimentos. Primeiro fiquei triste por saber o quanto a vida das pessoas pode ser marcada, determinada e limitada por alguns desses distúrbios, porém também tive sentimentos de alívio e gratidão por ver esse tema sendo tratado de forma explícita e com um formato que pode ajudar quem esteja passando por situação semelhante.

Por meio do livro fiquei sabendo do canal da Daiana Garbin no YouTube. O canal se chama EuVejo e visa conversar abertamente sobre o tema com celebridades e profissionais da área da saúde. Daiana mantem a veia jornalistica tanto no canal quanto no livro pois ambos trazem frutos de pesquisas intensas acerca do tema no mundo inteiro.

Na primeira parte do livro Daiana expõe sem cerimônia nem vergonha toda a sua luta com as questões de peso desde a infância, como isso foi refletido na sua adolescência e como ela lidou com isso na fase adulta até os dias de hoje. Caso você não esteja familiarizado com o canal dela pode ter certeza de que você não sabe metade das coisas que ela já passou.

“Precisamos reaprender a ser amáveis com nós mesmas. Com frequência somos gentis com os outros e cruéis conosco. Quantas vezes você disse a outra pessoa como ela é linda? Por que não consegue dizer a si mesma que é bonita,competente, forte, inteligente, que é suficiente? Trate-se com carinho, com compaixão, gentileza, amor, paciência, delicadeza, generosidade. Você não trata as pessoas que ama dessa forma? Então por que se trata com ódio, impaciência, rigidez?”

Após os relatos da autora, o livro se desenrola numa compilação de um processo de pesquisa minucioso trazendo declarações de profissionais, estatística, denominações e informações mundiais acerca do tema da insatisfação com o peso e imagem corporal. É incrível poder ter acesso a informações tão revelantes curadas por uma pessoa da área jornalística e que está altamente envolvida com o assunto.

O discurso otimista e a indicação de que é possível sim, ter sofrido gravemente e se recuperar tornam a leitura uma ótima sugestão para todo mundo, até mesmo para quem (acha que) não sofre com isso. Lembrando que apesar de ser direcionado aos problemas relativos ao peso, o assunto da imagem corporal permeia toda a leitura e, por isso, se encaixa para todo mundo. Até porque a mídia afeta a todos nós, uns mais, outros menos e todos, sem exceção, temos que aprender como lidar com isso.

Pontos positivos: pode te apresentar um realidade diferente da sua ou fazer você perceber que não está sozinha.
Pontos negativos: pode soar como um clichê de auto-ajuda em alguns momentos.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *