web analytics
livros

Resenha: Como Agarrar Uma Herdeira

Livro: Como Agarrar Uma Herdeira
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Rating: [rating=4]

Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Exemplar cedido pela editora para resenha


Sinopse

Quando Caroline Trent é sequestrada por engano por Blake Ravenscroft, não faz o menor esforço para se libertar das garras do agente perigosamente sedutor. Afinal, está mesmo querendo escapar do casamento forçado com um homem que só se interessa pela fortuna que ela herdou.
Blake a confundiu com a famosa espiã espanhola Carlotta De Leon, e Caroline não vai se preocupar em esclarecer nada até completar 21 anos, dali a seis semanas, quando passará a controlar a própria herança milionária. Enquanto isso, é muito mais conveniente ficar escondida ao lado desse sequestrador misterioso.
A missão de Blake era levar “Carlotta” à justiça, e não se apaixonar por ela. Depois de anos de intriga e espionagem a serviço da Coroa, o coração dele ficou frio e insensível, mas essa prisioneira se prova uma verdadeira tentação, que o desarma completamente.


Capa & Diagramação

Como não amar essa capa?! Achei a mistura de cores e texturas de muito bom gosto! E adoro essas fotos em que não aparece o rosto. Tem tudo a ver com a história e funciona como um ótimo ponto de partida para que a imaginação do leitor flua nos vestidos, jardins e casarões.

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Agora sim eu sinto que eu realmente li um livro que representa a Julia Quinn que todo mundo tanto fala!

Eu já tinha lido um outro livro de autoria dela, o Para Sir Phillip, Com Amor e achei ok. Nada fabuloso e com certeza nada que representasse tudo que o pessoal fala dela.

O que eu mais gostei de Como Agarra Uma Herdeira é que não é tão focado no aspecto picante dos romances. Eu preciso confessar que os romances picantes não são muito a minha praia mas acabo lendo porque gosto das partes fofas. Não vejo muito lugar no mercado atualmente para romances de épicos que não eróticos. No fundo tudo que eu quero é ler alguma coisa que chegue um pouquinho perto de Jane Austen (talvez por isso eu sempre acabe um pouquinho frustrada).

A leitura Como Agarrar Uma Herdeira está mais para um romance de época leve e cheio de humor, mas tudo muito bem equilibrado. O galã Blake, como sempre, é meio mal humorado e grosso mas ele não é assim o tempo todo e as motivações dele são bem fundamentadas. Gostei que, no que diz respeito a galãs, a Julia Quinn resolveu dar uma variada (ainda que bem leve) em relação aos livros do cenário atual.

Caroline Trent (adorei o nome) é a mocinha da vez e achei ela bem divertida! Ela é inocente sem parecer burra. É mais daquele tipo de menina que não tem conhecimento das consequências de seus atos. E o fato de ela ter sido confundida com uma espiã espanhola gerou situações hilárias.

“Dessa vez ela ergueu uma sobrancelha e Blake percebeu que Caroline conseguia ser tão arrogante quanto ele.”

Apenas um aspecto me incomodou durante a leitura. Tem um tal de um amigo, parceiro de Blake no crime, ou melhor, na investigação, que aparece quando ele é útil na história e desaparece repentinamente quando não tem mais utilidade. Achei que a autora poderia ter tido um pouco mais de jogo de cintura para jogar com esse personagem de maneira que não ficasse tão nítido que o único papel dele era aproximar o casal quando houvesse a necessidade.

Mas por outro lado, adorei a irmã de Blake, o papel que ela teve na história e gostei de como ela trouxe dinamismo para a relação dos dois quando a leitura estava entrando num período mais monótono.

No geral, me diverti bastante e aconselho a leitura para quem quiser rir um pouco, se apaixonar um pouco, esquecer um pouco dos problemas complexos. O livro é o primeiro da série Agentes da Coroa e estou atenta para saber qual será a temática do próximo.

Pontos positivos: uma mistura leve de romance e humor.
Pontos negativos: pode ser um pouco bobinho se você já tem tendência e achar romances de época sem sal.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *