web analytics
livros

Resenha: Belas Maldições

Livro: Belas Maldições
Autores: Terry Pratchett e Neil Gaiman
Editora: Bertrand Brasil
Rating: [rating=4]

Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Exemplar cedido pela editora para resenha


Sinopse

Um descendente direto de O Guia do Mochileiro das Galáxias escrito por dois dos maiores autores britânicos de fantasia O mundo vai acabar em um sábado. No próximo sábado, e ainda por cima antes do jantar. O que é um grande problema para Crowley, o demônio mais acessível do Inferno, residente na Terra, e sua contraparte e velho amigo Aziraphale, anjo genuíno e dono de livraria em Londres. Depois de quatro mil anos vivendo entre os humanos, eles pegaram um gosto pelo mundo, e o Armagedom lhes parece um evento bastante inconveniente. Então, para evitar o fim do mundo, precisam encontrar a chave de tudo: o jovem Anticristo, agora um menino de 11 anos vivendo tranquilamente em uma cidadezinha inglesa. Em seu caminho, acabarão trombando com uma jovem ocultista, dona do único livro que prevê precisamente os acontecimentos do fim do mundo, caçadores de bruxas ainda na ativa e, quem sabe, até os Quatro Cavaleiros do Apocalipse. Mas eles precisam ser rápidos. Não é só o tempo que está acabando.


Capa & Diagramação

Que capa belíssima minha gente! Amo capas que focam na tipografia e essa é incrível! Além da tipografia, o posicionamento dos elementos e o contraste de preto, branco e vermelho funcionou muito. Sem contar que ficou super condizente com o clima do conteúdo do livro.

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Os livros do Neil Gaiman são sempre aqueles que eu demoro a entrar no clima da história mas quando entro a imersão é tão intensa que a leitura acontece rapidamente. Com esse não foi diferente! Confesso que foi o livro que eu mais demorei a me situar e, por isso, a leitura no início foi bem arrastada para mim.

Acredito que eu entenderia mais referências e entenderia o clima da história mais rapidamente se eu conhecesse a Bíblia. O livro é carregado de humor e senti que, em vários momentos, eu demorava ou não entendia uma piada por não conhecer os textos bíblicos. Eu já comecei a ler a Bíblia (no início do ano) e, por isso, já peguei várias referências. Mas mesmo quem não leu e não tem pretensão de ler os textos sagrados pode se divertir muito com Belas Maldições. Qualquer ser humano que viveu em sociedade sabe um pouco do Antigo Testamento e de Apocalipse e conhecimentos básico são suficientes para sustentar um leitor dessa obra. Acredito ou não mas você vai soltar gargalhadas lendo uma história sobre o apocalipse.

Quem conhece o Gaiman sabe que a colaboração dele com Terry Pratchett só serviu para enriquecer ainda mais a mente desse autor já tão reconhecido pelos livros de ficção fantástica. A mistura de fantasia e humor dos dois autores resultou numa trama que se eu tentar explicar vai ficar tão absurda e sem sentido que vocês vão me achar louca.

O livro é estruturado de forma que as partes são divididas em dias e cada dia é dividido em capítulos. Esses são narrados por personagens diferentes mas possuem notas de um narrador onisciente que confere muitos momentos engraçados à história.

“Sabe, não basta saber o que o futuro é. É preciso saber o que ele significa. ”

Foi o primeiro livro de Terry Pratchett que eu li mas eu sinceramente acredito que eu posso indicar Neil Gaiman para qualquer pessoa, leitores experientes ou não, e a chance de essa pessoa não gostar da escrita dele é quase nula. Eu amo os livros de fantasia dele (meu favorito é O Oceano No Fim do Caminho). Dos livros do autor que eu tive a oportunidade de ler até hoje esse é o meu menos favorito mas não é nem de longe ruim! Eu não indicaria esse livro para quem quer se iniciar em Gaiman mas Belas Maldições é, com certeza, leitura obrigatória para quem curte o autor.

Meu amor por ele só cresce e eu só entendo ainda mais as pessoas que o têm como autor favorito, as inúmeras citações ao talento dele e o sucesso contínuo de Gaiman por tantos anos. A cada livro que leio eu me apaixono mais!

Pontos positivos: vai te fazer dar muitas risadas, é uma mistura do melhor de dois ótimos autores.
Pontos negativos: você poderá não entender todas as referências caso não tenha muito conhecimento da Bíblia.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

2 Comments

  • Camila FariaNo Gravatar

    Oi Evelyn, eu estive com esse livro nas mãos na última vez que estive numa livraria, a capa me chamou muita atenção (mas não sabia nada sobre ele ainda). Adorei a resenha, fiquei bem animada para ler. Vou colocar na minha listinha de desejados! Um beijo :*

Leave a Reply to Camila Faria Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *