web analytics
livros,  top 5

TOP 5: Razões para ler ‘Inventei Você?’

Livro: Inventei Você?
Autora: Francesca Zappia
Editora: Verus
Rating: [rating=4]

Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Exemplar cedido pela editora para resenha


Sinopse

Alex está no último ano do ensino médio e trava uma batalha diária para diferenciar realidade de ilusão. Armada com uma atitude implacável, sua máquina fotográfica, uma Bola 8 Mágica e sua única aliada — a irmã mais nova —, ela declara guerra contra sua esquizofrenia, determinada a permanecer sã o suficiente para entrar na faculdade.
E Alex está bem otimista com suas chances, até se deparar com Miles. Será mesmo aquele garoto de olhos azuis com quem ela compartilhou um momento marcante no passado? Mas ele não tinha sido produto da sua imaginação?
Antes que possa perceber, Alex está fazendo amigos, indo a festas, se apaixonando e experimentando todos os ritos de passagem tipicamente adolescentes. O problema é que ela não está preparada para ser normal.
Engraçado, provocativo e emocionante, com sua protagonista nada confiável, Inventei você? vai fazer os leitores virarem as páginas alucinadamente, tentando decifrar o que é real e o que é invenção de Alex.


Eu estava prestes a comprar a versão gringa do livro quando eu descobri que o selo Verus do Grupo Record estava lançando ‘Inventei Você?’ aqui no Brasil. E ainda por cima conservaram a capa que eu me encantou. Pura felicidade!

Eu não tinha muitas expectativas em relação ao conteúdo. Só queria ler e me deixar levar. E foi extamente isso que aconteceu quando iniciei a leitura. É bem fácil se deixar levar pois a escrita é fluida, a extensão dos personagens é dada na medida certa e o enredo conquista uma grande parcela de leitores. Vamos para as 5 razões pelas quais eu recomendo essa leitura?

1. Te faz querer saber mais sobre esquizofrenia

A autora não tem a pretensão de te informar e educar os leitores acerca da doença mas faz sim, com que os curiosos, procurem saber mais sobre o tema.
Os leitores mais críticos percebem que o distúrbio é “romantizado” mas sabem também que vários aspectos da vida real de um esquizofrênico são abordados como a necessidade de medicamentos contínuos, as inseguranças e sensação de estar sendo perseguido.
Apesar dessa permanente desconfiança, é super lindo vê-la amadurecendo, trabalhando, estudando e interagindo com a família e amigos.

2. Extensão dos personagens

Os personagens são apresentados e recebem, ao longo da história, o nível de profundidade certo para não ficar nem chato, nem superficial. Dessa maneira, conhecemos super bem os personagens, suas vontades e motivações e acabamos nos apaixonando por vários deles (Miles <3).

3. Livro jovem mas sem mimimis adolescentes

É um livro jovem, sobre uma adolescente e seus amigos e se passa, em sua maior parte, numa escola. Eu já não tenho tanta paciência para leituras com essa temática muito adolescente mas ‘Inventei Você?’ é bem neutro nesse aspecto. Ele trata de temas como ser aceito, lidar com distúrbios mentais, richas nas escolas, relacionamento familiar e até uns mistérios com os professores mas sem os mimimis adolescentes. Por isso, indico essa leitura para quem gosta de New Adult (Jovem Adulto) também.

4. Leitura leve mas que agrega algo

É uma leitura simples e rápida mas não é daquelas que você sente que está perdendo tempo. Não é daquele tipo de leitura que você até quer ler mas sente que está gastando mal suas horinhas preciosas de leitura.

5. O que é real?

O livro deixa o leitor sempre na dúvida sobre os acontecimentos ou pessoas seres reais. Isso acontece pois a história é narrada por Alex, uma adolescente esquizofrênica, que conta com algumas técnicas para viver com o distúrbio. Ela anda sempre com uma câmera fotográfica para que, ao revelar as fotos, saiba o que foi real e que foi fruto da sua mente.
Isso deixa o leitor sempre na dúvida sobre o que ou quem é real. O leitor fica num estado de desconfiança e fica só esperando a autora dar o bote e te enganar quando você estiver mais desprevenido.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

One Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *