web analytics
livros

Resenha: Uma Longa Jornada Para Casa

Livro: Uma Longa Jornada Para Casa
Autor: Saroo Brierley
Editora: Record
Rating: [rating=4]

Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Exemplar cedido pela editora para resenha


Sinopse

Aos 5 anos, Saroo pede ao irmão mais velho que o deixe acompanhá-lo à cidade onde ele passava os dias em busca de dinheiro e comida. Durante a viagem, o menino adormece. Ao despertar, confuso, se vê sozinho na estação de trem. Ele não sabe onde está o irmão, mas vê um trem parado. Imaginando que Guddu poderia estar lá dentro, Saroo embarca no vagão, e isso o faz atravessar a Índia. Sem saber ler nem escrever, e sem ideia do nome de sua cidade natal ou do próprio sobrenome, ele é obrigado a sobreviver sozinho nas ruas de Calcutá até ser levado para uma agência de adoção e ser escolhido por um casal australiano. Os anos se passam e, ainda que se sinta extremamente agradecido pela nova oportunidade que os Brierleys lhe proporcionaram, Saroo não esquece suas origens. Até que, com o advento do Google Earth, ele tem a oportunidade de procurar pela agulha no palheiro que costumava chamar de casa, e investiga nas imagens de satélite os marcos que poderia reconhecer do pouco que se lembra de sua cidade. Um dia, depois de muito tempo de procura, Saroo encontra o que buscava, mas o que acreditava ser o fim da jornada é apenas um novo começo.


Capa & Diagramação

Adorei a escolha da imagem, das cores e da fonte para a capa! Acredito que mesmo sendo um drama a capa reflete os sentimentos de amor e esperança que permeiam a história. A diagramação do miolo é limpa, simples e elegante.

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Eu assisti a adaptação cinematográfica dessa história na época do Oscar e fiquei bastante surpresa com alguns aspectos do filme. Gostei de algumas coisas, outras nem tanto mas, no geral, minha impressão do filme foi positiva. A trajetória do Saroo é tão bonita e achei que o filme perde o foco em alguns momentos.

Sabendo que o livro era bem fino e no esperança de ver um enredo que fizesse jus a incrível trajetória do garoto perdido, solicitei o livro “Uma Longa Jornada Para Casa”. Primeiro fiquei feliz que a capa não era referente ao filme. A editora optou por usar uma jacket para fazer a referência. Segundo adorei a capa!

No final das contas, percebi que o livro e o filme são bem diferentes. O enfoque no romance de Saroo adulto que me incomodou no cinema não foi explorado no livro. Entendo que abordagens diferentes são utilizadas em meios diferentes mas mesmo para o cinema achei esse ponto da história bem desnecessário.

“O que tinha acontecido comigo era extraordinário e poderia oferecer esperança a pessoas que desejavam encontrar sua família perdida, mas que achavam isso impossível. Talvez até mesmo pessoas em situações diferentes pudessem encontrar inspiração na minha experiência de agarrar oportunidades, por mais temerosas que parecessem, e nunca desistir.”

O livro detalha mais a trajetória do menino e a angústia e sensação de desamparo ao ler sobre a criança perdida foi ainda mais intensa que no filme. Não dava para não escutar o Saroo gritando pelo irmão na minha cabeça. O Saroo da minha cabeça era uma estranha mistura do Saroo do cinema com o da vida real.

Eu não sou muito chegada a drama e esse livro é sim dramático mas sem tanta intenção de fazer o leitor se emocionar e chorar. Me pareceu que a intenção é muito mais de inspirar o leitor que de fazê-lo sofrer. As Fotos no final da leitura acalentam o coração e curam qualquer dor que a leitura possa ter causado. A felicidade, a esperança e a crença de que tudo é possível ficam comigo ainda semanas após a leitura.

Pontos positivos: uma nova versão da trajetória de Saroo, é inspirador.
Pontos negativos: não é um livro super feliz mas vale ler pela mensagem.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *