web analytics
livros

Resenha: Outlander – O Resgate no Mar – Parte II

Livro: Outlander – Resgate no Mar – Parte II
Autora: Diana Gabaldon
Editora: Arqueiro
Rating: [rating=4]

Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Exemplar cedido pela editora para resenha


Sinopse

Claire Randall finalmente conseguiu voltar no tempo e reencontrar Jamie Fraser na Escócia do século XVIII, mas sua história está longe do final feliz. O casal terá que superar muitos obstáculos, de fantasmas a perseguições marítimas, mas o principal deles são os vinte anos que se passaram em suas respectivas épocas desde a última vez que se viram.

Se a intensa paixão e o desejo entre eles parecem não ter diminuído nem um pouco, o mesmo não se pode dizer sobre a confiança. Jamie agora é um homem endurecido pelo que aconteceu após a Batalha de Culloden. Claire, por sua vez, precisa lidar com o segundo casamento de seu amado e suportar a saudade de Brianna, que ficou sozinha no ano de 1968.

A união dos dois será posta à prova quando o sobrinho de Jamie for sequestrado. Juntos, eles precisarão singrar pelos mares e cruzar as Índias Ocidentais para resgatá-lo, provando mais uma vez que nada é capaz de deter uma história de amor que vence as fronteiras do tempo e do espaço.


Capa & Diagramação

A segunda parte de O Resgate No Mar tem exatamente o mesmo estilo de cada e diagramação interna que o resto da série. A Editora Arqueiro está fazendo um bom trabalho em conservar o padrão estético de Outlander.

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Eu não cheguei a falar isso na resenha da parte I de O resgate No Mar mas é importante que os leitores tenham em mente que as duas partes foram divididas para facilitar a leitura e o manuseio. Eu adorei a solução porque os livros dessa série são muito grossos e, se você lê pelo livro físico, esse processo pode ser bem desconfortável. Portanto, a parte I acaba de repentinamente, sem mais nem menos, e o título do livro só se justifica na parte II.

Quando eu não havia iniciado a leitura da série e vi a grossura dos livros na livraria me deu uma super preguiça. Eu tinha certeza que metade daquelas páginas seria de enrolação. Porém, várias blogueiras estavam elogiando e decidir arriscar. A Diana gosta de escrever muito mas nada é dispensável nesta obra! Cada pequena cena tem sua função, se não para a trama, serve para que o leitor se sinta inserido na história e mais próximo dos personagens. E eu te digo: tem MUITA ação, muita trama, muito enredo. Para você que esteja se sentindo intimidado pelo tamanho, comece a leitura devagar e rapidamente você vai perceber que não dá para não chegar ao fim do livro!

A parte II explora o universo marítimo, batalhas na água, mistérios e desconfianças dentro do próprio navio, piratas, sequestros, tesouros escondidos. Não é minha temática favorita mas unindo a escrita da Diana com os personagens que eu gosto tudo ficou mais interessante.

Caso você ainda não esteja familiarizado com a autora da série, saiba que ela é daquelas com habilidade de distrair o leitor e dar aquele “tapa na cara”, pegando todo mundo desprevenido. Não fique achando que ela vai criar um suspense e te deixar esperando alguma coisa. Os fatos mais decisivos acontecem num susto e sempre acontece aquele momento em que você tem que fechar o livro para se recompor. Na parte II de O Resgate no Mar não é diferente! Esteja avisado (não que isso vá fazer alguma diferença.)!

“- Amar você me levou ao inferno mais de uma vez, Sassenach; mas eu correria o risco outra vez, se necessário.”

Eu ainda continuo gostando dos mesmos personagens, a Claire ainda é minha preferida, eu ainda continuo tendo um “pé atrás” com o Jamie apesar de gostar muito do personagem dele. Às vezes eu sinto muita raiva dele pois ele só se mete em enrascada. Às vezes sinto pena, às vezes admiração. Não consigo formar uma opinião firme suficiente como a opinião de Claire.

Alguns aspectos que foram deixados na ar na parte I foram resolvidos na parte II. A maioria das coisas que me frustraram na primeira parte foram compensadas na segunda. E óbvio que eu já estou louquinha para ler a continuação! Ainda não me cansei dos personagens e espero que a série não acabe tão cedo para mim!

Falando nisso, a terceira temporada, que será baseado nas duas partes de O Resgate no Mar, será lançada em setembro e eu não estou me aguentando de ansiedade! Dica: não veja o trailer da terceira temporada se você não tiver, pelo menos terminado o segundo livro (ou a segunda temporada para quem não está com vontade de ler)!

Pontos positivos: conclui vários pontos do enredo explorados na primeira parte e traz os personagens para um universo diferente.
Pontos negativos: quem não gosta muito do ambiente marítimo pode ficar meio “enjoado”, em todos os sentidos.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

One Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *