web analytics
livros

Resenha: O Príncipe dos Canalhas

Resenha: O Príncipe dos Canalhas

Livro: O Príncipe dos Canalhas
Autora: Loretta Chase
Editora: Arqueiro
Rating: [rating=4]
Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Exemplar cedido pela editora para resenha


Sinopse

Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent…

Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.

Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.

Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.


Capa & Diagramação

Eu gosto da capa pois acho que ela foge ligeiramente do padrão de capas do gênero. Acho a foto bonita e as cores são harmônicas.

Resenha: O Príncipe dos Canalhas

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Eu não sou expert em romances de época mas já tinha lido Patricia Cabot (que na verdade era a Meg Cabot disfarçada hehehe!) e Julia Quinn. A favorita de todo mundo é a Julia Quinn (que está chegando aqui no Brasil nessa semana) e eu já li Para Sir Phillip Com Amor e não achei nada especial. Não sei se criei muita expectativa ou comecei por uns dos seus títulos mais fracos.

Eu gosto de ler esse gênero para dar uma descansada de leituras pesadas ou para, como foi o caso de agora, me recuperar de uma ressaca literária. Estou vivendo a ressaca mais longa da minha história literária pois desde que li The Heart of Betrayal não recuperei meu ritmo normal de leituras. E olha que eu li THOB no ano passado!

Resenha: O Príncipe dos Canalhas

Eu precisava de alguma coisa bem levinha para ler e O Príncipe dos Canalhas, junto com O Duque e Eu, são os livros mais bem falados do gênero. Como eu já tinha tido contato com a Quinn resolvi me arriscar na Loretta Chase e fiquei incrivelmente feliz com a minha decisão.

“Jessica, nenhuma mulher com capacidade suficiente de analisar os homens de maneira objetiva quer um marido. E você sempre foi extremamente objetiva.”

Verdade seja dita, os romances de época não variam muito. Eu quase ousaria dizer que se você leu um leu todos. E apesar de a Loretta cair em vários clichês e dramas da categoria ela consegue fazer de O Príncipe dos Canalhas uma leitura mais bem construída e menos rasa.

A construção de personagens é bem mais profunda e trabalhada que a dos outros romances que li. A primeira metade do livro é bem interessante já que ela foca mais na apresentação e desenvolvimento dos personagens.

Resenha: O Príncipe dos Canalhas

O ritmo do enredo é equilibrado, os diálogos são rápidos, inteligentes e divertidos. E vocês não ão acreditar no que mais me surpreendeu! A personagem principal é uma mocinha de família bad ass! Jessica é o equilíbrio perfeito de moça de família, femme fatale, que não necessariamente inclui casar e ter filhos nos planos do futuro e que sabe atirar.

Agora eu entendo porque os leitores gostam tanto da Loretta. Eu me diverti muito durante a leitura mas também quis matar um quando vi que a autora caía em alguns dramas bem sofridos típicos do gênero. Acho que não tem escapatória, né? Depois conto para vocês se o livro ajudou a me recuperar da ressaca!

Resenha: O Príncipe dos Canalhas

Pontos positivos: bom ritmo, bom diálogos e é divertido.
Pontos negativos: não escapa de alguns dramas e clichês comuns ao gênero.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

One Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *