web analytics
livros,  top 5

TOP 5: Coisas que me fizeram cair de amores por Crônicas de Amor e Ódio

TOP 5: Coisas que me fizeram cair de amores por as Crônicas de Amor e Ódio

Eu só comecei a realmente valorizar os livros da Mary E. Pearson depois de ler vários outros livros similares de outros autores. Foi até bom eu ter demorado para postar essa resenha porque consegui perceber melhor minha opinião a respeito não só de The Heart of Betrayal mas dos dois livros da série.

TOP 5: Coisas que me fizeram cair de amores por as Crônicas de Amor e Ódio

TOP 5: Coisas que me fizeram cair de amores por as Crônicas de Amor e Ódio

Durante as leituras dos outros livros de outros autores, me deparei com várias coisas que me incomodaram e eu percebi que foi, provavelmente, porque a Mary E. Pearson subiu muuuuito o nível quando ela nos presenteou com As Crônicas de Amor e Ódio.

Então, o que é que a Mary E. Pearson tem?! Refleti e consegui enumerar algumas coisas que ela adiciona a suas obras e que fazem toda a diferença para mim.

Diálogos

Uma coisa muuuuito importante que tem me incomodado muitos nos últimos livros que eu tenho lido é a qualidade dos diálogos. Eu não sou autora de nada a não ser das minhas resenhas. Não tenho habilidades de escrita de ficção portanto eu não tinha conhecimento sobre as dificuldades de se construir diálogos, fluidos, gostosos, pertinentes e que agregam à historia.

Foi só depois de ler outras coisas que eu percebi quão ricos, pertinentes e gostosos de ler são os diálogos escritos pela Mary E. Pearson. Acho que eles são uma extensão da escrita de qualidade e acompanham várias habilidades dela. Mas resolvi citar aqui porque é algo muito importante para mim pois dita muito o ritmo e a qualidade do enredo. E é uma maneira muito direta de conhecer mais sobre os personagens sem precisar da descrição de um narrador ou algum outro personagem.

Empoderamento

Se você não é a favor da igualdade de gêneros pode pular esse tópico. Lia é uma personagem forte que vive num universo extremamente machista e que luta contra isso. Ela é atrevida, inteligente, corajosa e muito inspiradora!

TOP 5: Coisas que me fizeram cair de amores por as Crônicas de Amor e Ódio

TOP 5: Coisas que me fizeram cair de amores por as Crônicas de Amor e Ódio

Re-vi-ra-vol-tas

Outros mistério nas habilidades dessa autora! A reviravolta de The Kiss of Deception é a minha favorita de todos os tempos. Eu odeio aquelas reviravoltas que te deixam com cara de tacho e com sensação de ter sido feita de boba pelo autor. The Heart of Betrayal não tem nenhuma grande reviravolta mas a guinada apresentada no primeiro livro rege o enredo do segundo livro. Nunca tinha visto um autor utilizar esse artifício de forma tão inteligente!

Universo

Criar um universo de fantasia é fácil (HA! SQN!). Muitos autores fazem isso bem, mas dar aquela pitada de realidade, de limitações aos personagens faz com que o leitor se sinta mais inserido pois se parece mais com a nossa própria realidade. As limitações dos personagens nos fazem temer por eles. Dá muito medo do que pode vir a acontecer com os personagens e das reviravoltas que a história pode dar.

Personagens

Como que a Mary faz a gente se envolver tanto com os personagens? É um mistério para mim mas sei que é em parte porque ninguém é só mau ou bom. Todo mundo tem suas motivações e razões e é impossível não se identificar nem um pouquinho com isso.

TOP 5: Coisas que me fizeram cair de amores por as Crônicas de Amor e Ódio

TOP 5: Coisas que me fizeram cair de amores por as Crônicas de Amor e Ódio

Estou me coçando para comprar o terceiro livro da série porque quero muito continuar a acompanhar Lia logo! Talvez eu compre uma versão gringa e quando a Darkside lançar aqui no Brasil eu compre a brasileira também.

Muitos agradecimentos a Darkside por me enviar o livro e, principalmente, por enviá-lo com flores secas que perfumaram toda a minha experiência de leitura. Ahh o amor por essa editora não cabe no meu coração!

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

2 Comments

  • Camila FariaNo Gravatar

    Oi Evelyn, acho que isso começa a acontecer MUITO quando a gente vai se aprofundando num gênero específico. A gente passa a perceber quem são os autores mais talentosos – ou aqueles que a gente se identifica mais (o que pode não ser a mesma coisa em alguns casos). Nunca li nada da Mary E. Pearson, preciso correr atrás. Beijo :*

    • EvelynNo Gravatar

      Começa a ficar cada vez mais difícil encontrar romances fantásticos que me agradam. E é meio gênero favorito :/ A Mary E. Pearson arrasa!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *