web analytics
livros

Resenha: Depois Daquela Montanha

Resenha: Depois Daquela Montanha

Livro: Depois Daquela Montanha
Autor: Charles Martin
Editora: Arqueiro
Rating: [rating=4]
Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Exemplar cedido pela editora para resenha


Sinopse

O Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo.

Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida.

Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada.

Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado? À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas.


Capa & Diagramação

O projeto gráfico é ok. A capa não me chamaria atenção numa livraria mas acredito que mundo em breve será republicado com a capa do filme. A diagramação interna também é limpa e bem comum.

Resenha: Depois Daquela Montanha

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Requisitei esse livro para a Editora Arqueiro porque fiquei sabendo que ele foi adaptado para o cinema e que estarão representando os personagens principais, ninguém menos que Kate Winslet e Idris Elba.

O livro era o próximo da fila. Terminei de ler Outlander #2 (ufa!) e o próximo livro foi esse. Foi justamente quando o acidente aéreo com o time do Chapecoense aconteceu. Isso tornou a leitura mais lenta para mim porque eu tinha umas sensações ruins. Eu ficava, a todo tempo, me colocando na situação dos jogadores e dos personagens e isso pesou a leitura.

Resenha: Depois Daquela Montanha

Sem contar que em todo livro/filme de tragédia eu odeio aquele momento em que está todo mundo feliz e tudo lindo antes de acontecer a tragédia. Aquela antecipação é horrível e eu nunca aproveito o momento hehehe!

Depois que a tragédia aconteceu e a leitura se tornou mais rápida para mim. EU queria saber como os personagens iriam lidar com a situação e queria que tudo se resolvesse logo. Claro que não é assim tão simples mas a maneira como tudo fluiu e as soluções propostas pelo autor foram bem inteligentes e verossímeis.

Resenha: Depois Daquela Montanha

Ben é médico e tem como hobby escalar montanhas. Isso explica o conhecimento dos ferimentos, dos tratamentos e de algumas soluções. Ele tinha uma mochila com alguns objetos úteis para as escalas pois, apesar de estar viajando a trabalho, tirou um tempinho para escalar uma montanha.

A história de Ashley dá um nervoso porque ela estava na véspera de seu casamento e cada ferimento dela me deixava em dúvida se ela ia sobreviver e/ou ficar com sequelas.

“Talvez juntar os pedaços seja contínuo. Talvez a cola demore a secar. Talvez os ossos demorem a se consolidar. Talvez seja bom o fato de a criatura confusa que sou, ainda estar em desenvolvimento. Talvez a caminhada seja longa e árdua para sair do local do desastre. Talvez a distância seja diferente para cada um de nós. Talvez o amor seja maior que a minha confusão.”

Apesar a expectativa gigante para ver como eles iriam solucionar algumas situações o livro é relativamente leve, tem bastante humor e a grande quantidade de diálogos faz a leitura acontecer de forma bem rápida.

A interação entre os dois personagens, Ben e Ashley é cativante e o que eu mais gostei do livro. Ele é determinado, persistente e altruísta. Já Ashley é corajosa e tem um senso de humor que equilibra muito bem os sentimentos do livro. Eles se apoiam frente às adversidades e descobertas, frente ao medo, a dor e a baixa probabilidade de sair daquela situação.

Resenha: Depois Daquela Montanha

O final é muito inspirador e surpreendente! Não posso dividir mais nenhuma informação do final com vocês hehehe!

O filme vai estrear em 2017 e apesar de não ter conseguido imaginar os personagens como o elenco do filme durante minha leitura (só imaginava o Ben como o Tom Hanks) acho que vai dar muito certo. A mensagem final do livro vai ficar lindíssima nas telonas! Tenho certeza!

Pontos positivos: história inspiradora, cheia de emoções e expectativa.
Pontos negativos: a falta de esperança em alguns momentos me deixava para baixo. Fora isso não tem lado ruim!

Viciada em farinha láctea, cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

2 Comments

  • Camila FariaNo Gravatar

    Oi Evelyn, eu ainda não tinha ouvido falar desse livro. Essas histórias de sobreviventes costumam inspirar mesmo roteiros de cinema, bacana que ele vai virar filme! Preciso me inteirar mais sobre os lançamentos da Arqueiro, eu acabo deixando passar um monte de títulos bacanas por não prestar tanta atenção na editora.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *