web analytics
livros

Resenha: Dez Formas de Fazer Um Coração Se Derreter

Resenha: Dez Formas de Fazer Um Coração Se Derreter

Livro: Dez Formas de Fazer Um Coração Se Derreter
Autora: Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Rating: [rating=3]
Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Exemplar cedido pela editora para resenha


Sinopse

Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.

Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.

Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.

Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.


Capa & Diagramação

Eu não gosto muito da capa dessa série pois ninguém ousa em fazer capas diferentes. As capas dessa série se parecem com as capas de outras séries similares. Mas isso acontece, provavelmente, por razões comerciais. A diagramação do miolo é limpa e bonita. Bem no estilo dos outros livros da editora.

Resenha: Dez Formas de Fazer Um Coração Se Derreter

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Os romances de época estão longe de ser meu gênero literário favorito! Porém, eu gosto de ler alguns de vez em quando para variar um pouco as leituras. Gosto de intercalar com leituras mais pesadas. Eu achei que esse mês eu teria várias leituras pesadas e por isso resolvi solicitar um romance histórico da Editora Arqueiro. Todo mundo que gosta desse tipo de romance sabe que a Arqueiro reina por aí com suas publicações da área. A editora publica muitos destes romances e publica os melhores (até onde ue sei :P).

Resenha: Dez Formas de Fazer Um Coração Se Derreter

Foi minha primeira leitura da Sarah MacLean e eu gostei bastante da escrita dela. Essas leituras são sempre bem rápidas e fáceis e esse romance não foi diferente. A Sarah conseguiu agregar os clichês dos romances de época (porque eles estão presente em 99% dessas obras né gente!) com uma personagem feminina forte e um mocinho cheio de fragilidades.

“O silêncio recaiu entre elas e Isabel se permitiu considerar, por um breve instante, como seria ter alguém com quem pudesse dividir todos os seus segredos.”

MacLean utilizou-se dos clichês sem cair na mesmice e parecer mais do mesmo. Acredito que se tivesse que escolher outro romance de época para ler agora eu escolheria mais um dela. ‘Dez formas de fazer um coração se derreter’ é o segundo da série ‘Os números do amor’. O livro anterior é o ‘Nove regras a ignorar antes de se apaixonar’ e o próximo, ‘Onze leis a cumprir na hora de seduzir’, deve ser lançado em breve. Bora começar mais uma coleção :D

Se você gosta desse tipo de leitura tem tudo para gostar de ‘Dez formas de fazer um coração se derreter’. É divertido, doce e é uma leitura ótima para relaxar e intercalar com outras mais pesadas.

Resenha: Dez Formas de Fazer Um Coração Se Derreter

Pontos positivos: leitura leve e simples, boa para relaxar.
Pontos negativos: livro cheio de clichês de romances épicos. Se você não gosta desse estilo de leitura provavelmente não vai gostar desse.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

One Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *