web analytics
livros

Resenha: Confissões do Crematório

Resenha: Confissões do Crematório

Livro: Confissões do Crematório
Autora: Caitlin Doughty
Editora: Darkside Books
Rating: [rating=5]
Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Exemplar cedido pela editora para resenha


Sinopse

Ainda jovem, Caitlin conseguiu emprego em um crematório na Califórnia e aprendeu muito mais do que imaginava barbeando cadáveres e preparando corpos para a incineração. A exposição constante à morte mudou completamente sua forma de encarar a vida e a levou a escrever um livro diferente de tudo o que você já leu sobre o assunto.
Confissões do Crematório reúne histórias reais do dia-a-dia de uma casa funerária, inúmeras curiosidades e fatos filosóficos, históricos e mitológicos. Tudo, é claro, com uma boa dose de humor. Enquanto varre as cinzas das máquinas de incineração ou explica com o que um crânio em chamas se parece, ela desmistifica a morte para si e para seus leitores.
O livro de Caitlin – criadora da websérie Ask a Mortician – levanta a cortina preta que nos separa dos bastidores dos funerais e nos faz refletir sobre a vida e a morte de maneira inteligente, honesta e despretensiosa – exatamente como deve ser. Como a autora ressalta na nota que abre o livro, “a ignorância não é uma bênção, é apenas uma forma profunda de terror”.


Capa & Diagramação

Os amantes de livros chooooooram com a beleza desse livro. Sério! É um dos mais lindos da minha estante. Virou xodózinho tanto pela beleza quanto pelo conteúdo. Esse post está transbordando de fotos para que eu não fique aqui tentando explicar uma coisa que é bem mais fácil mostrar por fotos :)

Resenha: Confissões do Crematório

Resenha: Confissões do Crematório

Resenha: Confissões do Crematório

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Eu li esse livro em agosto e acabei demorando para falar sobre ele aqui no blog porque eu fiquei pensando muuuuito sobre as coisas que ele aborda. Ao terminar de ler eu dei 4 estrelas no Goodreads e no Skoob mas acabei mudando para 5 estrelas porque o impacto que ele me causou é muito grande! É o tipo de livro que te faz enxergar tudo de uma maneira nova e que mexe com algumas coisas que ficam adormecidas adormecidas e anestesiadas em nossa mente.

Eu sinceramente acho que o conhecimento que eu ganhei com essa leitura mudou minha maneira de enxergar algumas coisas permanentemente.

Resenha: Confissões do Crematório

Resenha: Confissões do Crematório

Segundo a minha religião e a minha forma de pensamento, nós devemos aprender a lidar com a morte de forma mais natural e aceitá-la mais facilmente. Isso não quer dizer que o sofrimento, o luto e a saudade não vão ou não devam acontecer. Eu tenho consciência de essa mudança de pensamento é uma tarefa para longa data e que devemos começá-la o quanto antes.

Com isso em mente, topei o desafio de ler esse livro. Porém eu tinha certeza que ela focaria em vários detalhes que eu não estava interessada e deixaria os questionamentos e reflexões que são importantes para mim de lado.

Eu nem sei descrever como a autora consegue balancear tão bem, de maneira tão direta, fatos do cotidiano dela, sua trajetória até ali, como a humanidade lidou com a morte e como isso acontece hoje em dia com a força da indústria funerária nos EUA. Vocês sabiam que existem cursos superiores na área?!

Resenha: Confissões do Crematório

Resenha: Confissões do Crematório

O que torna esse livro tão importante para mim é a maneira sincera e direta com que Caitlin trata a morte e o que acontece com o cadáver depois. Ela não mascara os fatos para suavizá-los mas também não é crua demais a ponto de perder os limites. Só teve um capítulo que me fez ficar com nojinho mas em momento nenhum eu achei que ela não deveria ter colocado esse capítulo lá.

Lendo Confissões do Crematório em percebi que raramente paro para pensar sobre as pessoas que trabalham em cemitérios, funerárias e crematórios. Quando pensava em alguém que trabalha com isso sempre pensava no coveiro. E para falar a verdade ele nem ‘bota a mão na massa’ assim. Perto do trabalho das pessoas do livro o coveiro me pareceu quase um jardineiro! Os amigos que Caitlin fez no seu primeiro emprego na área são muito carismáticos e super gente como a gente, sabe?

Resenha: Confissões do Crematório

Resenha: Confissões do Crematório

Fiquei com uma tonelada de coisas pra pensar depois da leitura e preciso muito conversar com outras pessoas que leram!

O mais incrível é que com a naturalidade que permeia o livro vem até um certo humor, bem leve, mas que dá um ótimo tom ao livro.

“Aceitar a morte não quer dizer que você não vai ficar arrasado quando alguém que você ama morrer. Quer dizer que você vai ser capaz de se concentrar na sua dor, sem o peso de questões existenciais maiores como “Por que as pessoas morrem?” e “Por que isso está acontecendo comigo?”. A morte não está acontecendo com você. Está acontecendo com todo mundo.”

Tá aí mais uma leitura que eu não consigo ver NENHUM defeito! Esse aqui com certeza entra pro TOP 5 de melhores livro do ano. A Caitlin, além de ser incrível, escritora e linda, tem um canal no YouTube, o Ask a Mortician, que fala sobre os mesmos assuntos do livro de forma leve e descontraída. Vale a visita!

Resenha: Confissões do Crematório

Resenha: Confissões do Crematório

Você vai gostar se: gosta de livros que te fazem pensar e refletir, tem curiosidade de saber o que acontece nos crematórios, gosta de história.
Não leia se não gosta de: morte? hehehe!
Ideias centrais: morte, cadáver, funeral, crematório, luto, história.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

2 Comments

  • Stephanie FerreiraNo Gravatar

    Eu me apaixonei pela capa e sinopse do livro logo que vi as primeiras releases que a darkside soltou mas estava em dúvida se valia a pena a leitura e não bater muito de frente com que acredito, mas aí sua resenha me fez perceber que vale a leitura pra aprender mais sobre a morte (ficou meio macabra esta frase rs) e amei muito suas fotos!
    Beijos

    • EvelynNo Gravatar

      Quando você estiver lendo você vai ver que o que antes a gente achava macabro fica um pouco mais natural na nossa cabeça sabe? É um super gatilho que te leva a pensar nas coisas de forma diferente.
      Fico feliz que a resenha tenha sido útil pra você :)

      Bjs!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *