web analytics
livros

Resenha: O Último Adeus

Resenha: O Último Adeus

Livro: O Último Adeus
Autora: Cynthia Hand
Editora: Darkside Books
Rating: [rating=4]
Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

+ Exemplar cedido pela editora para resenha


Sinopse

O Último Adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começa a escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seus sentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz.

O divórcio dos seus pais, as provas para entrar na universidade, os gastos com seu carro velho. Ter que lidar com a rotina mergulhada numa apatia profunda é um desafio diário que ela não tem como evitar. E no meio desse vazio, Lex e sua mãe começam a sentir a presença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto? Eis uma das grandes questões desse livro apaixonante.

O Último Adeus é sobre o que vem depois da morte, quando todo mundo parece estar seguindo adiante com sua própria vida, menos você. Lex busca uma forma de lidar com seus sentimentos e tem apenas nós, leitores, como amigos e confidentes.


Capa & Diagramação

Já aviso que esse post vai ter mais fotos que de costume porque não consegui resumir as qualidades do livro em poucas fotos. Vocês têm ver isso!

Quando você ouve falar da qualidade estética de algum livro da Darkside o discurso vai ser sempre bem parecido e vai ser acompanhado de declarações de amor. Para te poupar disso eu só vou dizer que o projeto gráfico desse livro é incrível e eu tirei muuuuitas fotos para que vocês possam ter uma noção.

Resenha: O Último Adeus

Resenha: O Último Adeus

Resenha: O Último Adeus

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Taí uma temática que eu não curto muito: suicídio. Acho que é porque eu nunca consigo me identificar com a história e com as motivações das pessoas que cometem tais atos. E eis que esse livro foi um tapa na minha cara. Continuo não me identificando com o suicída nem com sua família. Mas mesmo assim, senti que pude extrair alguns dos pontos que a autora queria transmitir ao contar essa história.

Resenha: O Último Adeus

Resenha: O Último Adeus

Lex se afasta de tudo depois da morte de seu irmão e, com um tempo, ela consegue aos poucos rever suas atitudes, suas companhias e sua maneira de pensar sobre várias coisas. Tudo isso enquanto ela tinha que lidar com uma possíveis aparições do irmão dela pela casa. Eu juro que achei que o livro ia tomar um rumo bem sobrenatural por causa dessas aparições.

Resenha: O Último Adeus

Durante a leitura, eu nunca sabia para que lado a autora levaria essa história, e gosto de me sentir assim ao ler o livro, sem ter noção de como o autor vai escolher levar aquela situação. São tantas escolhas diferentes e ainda sim ela sempre escolhia um lado que eu não tinha pensado antes.

A escrita de Cynthia Hand e a maneira como ela levou a história me fez pensar fora da caixa e sair da minha zona de conforto. Achei que a história não foi tão fluida (talvez por não ter me identificado com a personagem principal). Mas ela simplesmente lacrou com uma solução simples e extremamente emocionante para o final.

Resenha: O Último Adeus

Em alguns momentos o livro ameaçou entrar na mesmice e a maneira como Hand optou por concluir a história é incrível e fez valer todos os momentos mais monótonos do meio da obra.

“Essa é a sua tarefa oficial. Escreva sobre a última vez em que se lembra de ter visto Tyler feliz.”

Depois de Hand ter super arrasado com o meu coração, li os agradecimentos no final do livro e me emocionei ainda mais! Ela tem um caso de suicídio na família e o livro, ao meu ver, funciona como uma linda homenagem aqueles envolvidos na situação e que passaram por momentos difíceis e uma ótima maneira de trazer atenção para o tema. Eu sou totalmente ignorante quanto ao tema pois nunca aconteceu próximo a mim e sinto que a mídia não divulga estatísticas. Pesquisando sobre isso eu descobri que as taxas de suicídio entre jovens são altíssimas! Isso me abriu os olhos para que eu possa prestar mais atenção nas pessoas a minha volta. Os casos de depressão tão falados hoje podem sim levar um indivíduo a cometer suicídio. A gente nunca sabe quando alguém está sofrendo em silêncio. Alguém do meu lado pode estar precisando de ajuda e eu não sei disso!

Resenha: O Último Adeus

Eu não vou falar muito sobre o final mas digamos que ele foi o responsável por umas três estrelas a mais na nota que eu inicialmente teria dado a esse livro. Cynthia Hand lacrou!

A Darkside agora está criando playlists lindas para cada livro. Tem sido uma delícia combinar a experiência de leitura com músicas que têm a ver com a trama. Nesse caso que não escutei enquanto lia mas escutei no intervalo das leituras. Sabe quando você abaixa o livro um pouco para dar uma digerida na história. Eu aconselho essa playlist para esses momentos! Ouça aqui.

Resenha: O Último Adeus

Resenha: O Último Adeus

Você vai gostar se: drama, histórias crescimento pessoal e amadurecimento.
Não leia se não gosta de: ritmo lento, suicídio.
Ideias centrais: suicídio, terapeuta, família.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

2 Comments

  • SilviaNo Gravatar

    A verdade é que agente nunca acredita na possibilidade de acontecer com alguém próximo, mas eu tive um amigo de infância que suicidou aos 22 anos e até então sempre nos passou a ideia de ser uma pessoa normal, namorava, saíamos junto com a galera, não deixava nenhuma pista de que algo estava errado, até o dia em que aconteceu…depois de cinco anos do ocorrido sua mão nos relatou que ele teria tentado um suicídio na infância. Talvez se soubesse disso, teríamos observado mais de perto os acontecimento e quem sabe talvez ter evitado essa tragédia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *