web analytics
livros

Resenha: Perdido em Marte

Resenha: Perdido em Marte

Livro: Perdido em Marte
Autor: Andy Weir
Editora: Arqueiro
Rating: [rating=5]
Skoob
Goodreads


Sinopse
Há seis dias, o astronauta Mark Watney se tornou a décima sétima pessoa a pisar em Marte. E, provavelmente, será a primeira a morrer no planeta vermelho.

Depois de uma forte tempestade de areia, a missão Ares 3 é abortada e a tripulação vai embora, certa de que Mark morreu em um terrível acidente.

Ao despertar, ele se vê completamente sozinho, ferido e sem ter como avisar às pessoas na Terra que está vivo. E, mesmo que conseguisse se comunicar, seus mantimentos terminariam anos antes da chegada de um possível resgate.

Ainda assim, Mark não está disposto a desistir. Munido de nada além de curiosidade e de suas habilidades de engenheiro e botânico e um senso de humor inabalável , ele embarca numa luta obstinada pela sobrevivência.

Para isso, será o primeiro homem a plantar batatas em Marte e, usando uma genial mistura de cálculos e fita adesiva, vai elaborar um plano para entrar em contato com a Nasa e, quem sabe, sair vivo de lá.

Com um forte embasamento científico real e moderno, Perdido em Marte é um suspense memorável e divertido, impulsionado por uma trama que não para de surpreender o leitor.


Capa & Diagramação

A arte da capa é simplesmente impecável! As cores são lindas e a imagem representa muito bem a vibe do livro. A textura da capa é daquela meio emborrachada sabe? A diagramação do miolo também é perfeita, limpa e bonita.

Resenha: Perdido em Marte

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Perdido em Marte foi um dos últimos livros que eu li em 2014 e o melhor do ano! Se existia um clima de suspense quanto a minha opinião sobre esse livro eu já vou cortar desde o começo da resenha porque eu amei e não consigo pensar em nenhum ponto negativo!

A história já começa com adrenalina lá no alto pois narra a cena em que acontece uma tempestade de areia de alta magnitude que culmina no “abandono” de Mark em Marte. Acontece um acidente que deixa Mark desacordado e sua equipe pensa que ele está morto. As condições meteorológicas os impede de tomar decisões com calma e a equipe parte às pressas para se salvar.

Os sentimentos que esse livro me causou foram muito loucos! Me senti solitária por ele, ansiosa, feliz quando alguma pequena coisa dava certo e até mais fome quando lia sobre seu racionamento de comida hehehe!

“Foi uma sequência ridícula de acontecimentos que quase me fez morrer, e uma sequência ainda mais ridícula que me fez sobreviver.”

O que diferencia e sustenta o livro para mim, não que eu já tenha lido vários livros de gênero, é o personagem principal. Ele é inteligente, racional, enérgico, engraçado e extremamente cativante. Qualquer outro personagem não teria sustentado esse livro, por mais legal que a história fosse.

Eu indico muito este livro, até mesmo para o que não são fãs do gênero, pois faz nosso cérebro funcionar com as várias máquinas, manutenções e estratégicas que Mark precisa desenvolver para sobreviver, pelo seu lindo relacionamento com a equipe, pelos momentos de adrenalina que foram impecáveis e sobretudo pelo show de esperança, tranquilidade e humor do personagem principal!

Resenha: Perdido em Marte

Você vai gostar se: gosta de livros que te fazem racionar e também filosofar.
Não leia se não gosta de: livros de sobrevivência.
Ideias centrais: Marte, astronauta, ficção científica.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

3 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *