web analytics
livros

Resenha: Desafio

Resenhas: Desafio

Esta é a resenha do primeiro livro que eu concluí da maratona literária.

Livro: Desafio
Autor: C. J. Redwine
Editora: Novo Conceito
Rating: [rating=4]
Skoob
Goodreads


Sinopse
No interior das muralhas de Baalboden, à sombra do brutal Comandante da cidade, Rachel Adams guarda um segredo. Enquanto as outras garotas fazem vestidos e obedecem a seus Protetores, Rachel é capaz de sobreviver nas florestas e de manejar uma espada com destreza. Quando seu pai, Jared, é declarado morto em uma missão, o Comandante designa para Rachel um novo Protetor: Logan, o aprendiz de seu pai, o mesmo rapaz a quem Rachel declarou o seu amor há dois anos, e o mesmo que a rejeitou. Com nada além da forte convicção de que seu pai está vivo, Rachel decide fugir e encontrá-lo por conta própria. Mas uma traição contra o Comandante tem um preço alto, e o destino que a aguarda nas Terras Ermas pode destruí-la.


Capa & Diagramação

Essa capa conquistou muita gente! Eu achei a foto lindíssima e a montagem geral serve de grande subsídio para os leitores construírem a imagem mental da personagem e da locação da história. Mas eu tenho que confesar que eu não consegui imaginar a personagem dessa maneira!

Amei o fato que a foto ganha um bom destaque com somente o título e o nome da autora em tamanhos razoáveis na porção inferior. O título está em relevo prateado e acrescentou um acabamento discreto que não deixou a capa tão crua.

A diagramação do miolo é bem limpa e simples e o papel é aquele amarelado que tanta gente gosta.

Resenhas: Desafio

Personagens, Enredo & Impressões gerais

O enredo leva um tempo para engatar mas a autora acabou usando esse tempo muito bem para acrescentar certa complexidade aos personagens e se aprofundar em seus sentimentos e nas motivações que cada um tem para tomar as decisões futuras.

Eu não concordei com muitas ações da Rachel mas o que é fantástico é o modo como mesmo não concordando, a autora tenha conseguido fazer o leitor entender suas dores e motivações. Ela comete várias loucuras mas tudo é compreensível.

“O vermelho já está entranhado em minha pele. Já penetrou em minhas veias e se tornou parte do que resta de mim. Ele pode esfregar o quanto quiser, mas nunca vai conseguir apagar isso.”

O personagem de Logan é apaixonante! É o tipo de ‘galã’ realista pois ele não se dá bem sempre e tem vários defeitos. Mas o diferencial dele, além de ter uma história sofrida, é ser nerd já que é fera em química e responsável por vários aparatos que os ajudam a sobreviver nesse ambiente desfavorável.

Em alguns momentos eu tive vontade de sacudir os dois pois eles faziam exatamente o contrário do que eles teriam que fazer para que tudo desse certo. E muitas vezes fazem umas coisas bem idiotas! Não dá pra ser tudo perfeito né?

Uma coisa que deu um nó na minha mente em certo momento mas que depois que me acostumei ficou super divertido de imaginar é um mistura inusitada entre a vida rural e arcaica da comunidade e os aparatos tecnológicos super evoluídos. Esses aparatos estão, obviamente na mão daqueles que têm poder ou escondidos nos porões das casas daqueles que secretamente se opõem ao Comandante Chase.

Essa comunidade vive sob um regime de repressão já que seu líder é, por uma razão misteriosa, a única pessoa capaz de proteger a comunidade de Maldito. Na posição de autoridade, o líder comete várias atrocidades para dominar a população pelo medo. E quando digo atrocidades, digo cenas sangrentas e cruéis. Não é qualquer cena de violência que a gente está acostumado nos YA não. #estejaavisado

Resenhas: Desafio

No geral foi uma leitura divertida mas não me acrescentou muito. É um livro bom mas não é extraordinário, embora eu provavelmente irei ler o segundo assim que sair por pura curiosidade de saber para onde a história será levada.

Trilha Sonora

Um dos requisitos dessa maratona literária é de escolher uma música para cada livro lido. Eu já fazia isso para alguns livros mas nunca incluía nas minhas resenhas. Algumas vezes a música vem naturalmente na sua cabeça enquanto lê um livro e nesse livro eu já tinha a musica em mente lá pela metade dele.

Escolhi Fear da Sarah Mclachlan que é uma música que eu não escuto há muito tempo e acho interessante que eu tenha me lembrado dela tão naturalmente. Ela reflete um pouco do que se passa na cabeça de Rachel, pois ela tem medo o tempo inteiro: medo de morrer, de perder as pessoas que ama, de não conseguir salvar as pessoas da comunidade e medo do Comandante Chase. Além disso, a música se encaixa bem nesse clima de heroína numa missão de vida ou morte numa floresta perigosa.

Fear by Sarah McLachlan on Grooveshark

Você vai gostar se: personagens femininas fortes, romance sobrenatural.
Não leia se não gosta de: violência, sangue, séries.
Ideias centrais: floresta, luta, sobrenatural, romance.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

One Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *