web analytics
livros

Resenha: Reconstruindo Amelia

Resenha: Reconstruindo Amelia

Livro: Reconstruindo Amelia
Autor: Kimberly McCreight
Editora: Arqueiro
Rating: [rating=5]
Skoob
Goodreads


Sinopse
Kate Baron, uma bem-sucedida advo­gada, está no meio de uma das reuniões mais importantes de sua carreira quando recebe um telefonema. Sua filha, Amelia, foi suspensa por três dias do Grace Hall, o exclusivo colégio particular onde estuda. Como isso foi acontecer? O que sua sensata e inteligente filha de 15 anos poderia ter feito de errado para merecer a punição?
Sua incredulidade, no entanto, vai aos poucos se transformando em pavor ao deparar, no caminho para o colégio, com um carro de bombeiros, uma dúzia de policiais e uma ambulância com as luzes desligadas e portas fechadas.
Amelia está morta.
Aparentemente incapaz de lidar com a suspensão, a garota subiu no telhado e se jogou. O atraso de Kate para chegar a Grace Hall foi tempo suficiente para o suicídio. Pelo menos essa é a versão do colégio e da polícia.
Em choque, Kate tenta compreender por que Amelia decidiu pôr fim à própria vida. Por tantos anos, as duas sempre estiveram unidas para enfrentar qualquer problema. Por que aquele ato impulsivo agora?
Suas convicções sobre a tragédia e a pró­pria filha estão prestes a mudar quan­do, pouco tempo depois do funeral, ela recebe uma mensagem de texto no celular:
Amelia não pulou.
Alternando a história de Kate com registros do blog, e-mails e posts no Fa­cebook da filha, Reconstruindo Amelia é um thriller empolgante que vai surpreender o leitor até a última página.


Capa & Diagramação

A capa não me chamaria atenção caso eu estivesse numa livraria. Provavelmente só o compraria baseado em indicações pois a capa não me atrai apesar de ser muito bem composta pelos elementos de fonte, posicionamento, cores e foto.

A diagramação do miolo é bem limpa com estilos diferentes para mensagens de internet, emails, cartas, jornais e bilhetes facilitando bastante a rápida compreensão do leitor.

Resenha: Reconstruindo Amelia

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Eu devo dizer que é raro eu pegar um livro que não é meu estilo favorito, num momento que eu nem estava com vontade de ler esse estilo e o livro me desarmar completamente.

O livro trata de temas bem pesados e, embora eu leia romances policias, eles não são predominantes na minha estante. Gosto de livros felizes e inspiradores e uma vez ou outra pego uma leitura com assuntos com essa carga. Mas esse livro calou minha boca e me deixou inquieta enquanto eu não descobri o que realmente aconteceu com Amelia.

Resenha: Reconstruindo Amelia

Os temas que envolvem a história da garota são bem pesados mas a maneira com que a autora resolveu abordá-los foi o que tornou o livro um trabalho tão primoroso. Ela conseguiu trazer delicadeza e naturalidade para temas densos e o leitor consegue passar pela leitura sem ficar tão angustiado mas, ao mesmo tempo, muito comovido e curioso.

Uma sacada ótima da autora foi intercalar capítulos na visão de Amelia e de sua mãe, além de incluir as notícias de um jornal bem maldoso de fofocas sobre os alunos (escrito anonimamente, bem no estilo Gossip Girl) e as atualizações de status de Amelia no Facebook. Essas variações quebram a monotonia de um capítulo atrás do outro e adicionam uma dinâmica muito interessante com insights de como Amelia se sentia e como seus colegas percebiam suas palavras na rede social.

“O que se faz por amor sempre ocorre além do bem e do mal.”

Ambos os pontos de vista traziam conflitos próprios e isolados que acabaram se entrelaçando de uma maneira muito interessante no final. A mãe de Amelia, Kate, trazia conflitos quanto ao seu passado, quanto ao pai do filho de Amelia, a criação da filha sem ajuda de ninguém e a rotina excessiva de trabalho que a impedia de passar mais tempo com a filha. Amelia também trazia conflitos da curiosidade de saber mais sobre seu pai juntamente com aceitação na escola, bullying, sexualidade e etc.

A conclusão da história foi muito bem construída e não é aquele tipo final que te deixa com cara de idiota. Tudo se junta de uma maneira bem real e totalmente possível. Nada foi clichê, nada foi previsível e todas as pontas da história se encaixaram de uma maneira surpreendente!

A história de Amelia, mesmo que tão distante do universo escolar brasileiro, nos faz refletir sobre os dramas vividos nessa fase da vida com todas as provações, inseguranças e desafios que os jovens enfrentam nessa idade em que já estão fragilizados por novas responsabilidades e descobertas sobre si mesmo. Acho que em qualquer lugar do mundo a necessidade de aceitação nos leva a fazer improváveis.

Resenha: Reconstruindo Amelia

Você vai gostar se: gosta de romances policiais, conflitos familiares, Gossip Girl, sociedades secretas.
Não leia se não gosta de: dramas adolescentes, descoberta de paternidade.
Ideias centrais: sociedade secreta, adolescência, conflito familiar.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

6 Comments

Leave a Reply to Evelyn Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *