web analytics
livros,  recomendo

Resenha: Outros Reinos

Resenha: Outros Reinos

Livro: Outros Reinos
Autora: Richard Matheson
Editora: Bertrand Brasil
Rating: [rating=5]
Skoob
Goodreads


Sinopse
1982. Famoso por sua série Meia-noite, o escritor Alex White, que adotou o nome Andrew Black, decide narrar uma experiência que beirou o surreal e aconteceu há 64 anos. Uma história que ocorreu quando ele ainda era jovem, é a mais pura verdade (por incrível que pareça) e mudou sua vida.

1918. Aos 18 anos, Alex White, jovem soldado norte-americano, é ferido nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial. Em vez de voltar para os Estados Unidos, ele se muda para Gatford, na Inglaterra, tentando escapar de seu pai e de seu passado. A bucólica aldeia inglesa parece o lugar ideal para que sua alma e seu corpo fechem as cicatrizes de guerra. Mas dizem que as florestas ao redor da cidade são habitadas por espíritos levianos e até malévolos – isso deve ser história da carochinha. Não é mesmo?

Alex conhece Magda Variel, uma viúva ruiva e atraente que, segundo rumores, é bruxa. Ela o alerta a se manter afastado da floresta e do perigoso reino encantado que o cerca, mas Alex se mostra cético quanto a tudo o que ela e seus poucos amigos lhe dizem, e não consegue evitar o local. Afogado em tantos mistérios, ele encontra o amor e o perigo… além de maravilhas que mudarão para sempre sua forma de ver o mundo.


Capa & Diagramação

Tenho certeza de que olhando na tela do computador ninguém dá nada pela capa desse livro. Mas vocês precisam ver essa capa ao vivo! Além de ter relevo alto, o título é impresso em dourado fosco assim como os “estilhaços” que caem das palavras. Tem tudo a ver com a história mas não quer falar muito para não correr o rico se soltar um spoiler. A diagramação é super limpa com uma ilustração linda no início e detalhes em cada início de capítulo.

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Em primeiro lugar devo dizer que eu não tinha noção de quem era esse tal de Richard Matheson e fiquei me sentindo super atrasada ao ver que todo mundo comentava alguma coisa sobre ele e eu nem tinha noção da grandiosidade das obras desse cara. Depois que tive ideia de um pouco da dimensão e importância do trabalho dele para a literatura e para o cinema fiquei sabendo que ele faleceu no ano passado. #chateada

Apesar de tratar de temas parecidos com de outras histórias populares a maneira que o autor descrevia os personagens, ações e lugares provocava um “uau!” na minha cabeça a cada 10 páginas. O estilo de narrativa e os aspectos tratados na hitória eram “meio” que inéditos pra mim me surpreendendo o tempo todo! Esse sim é um livro nada clichê e nada previsível! Pelo menos pra mim que não tenho muita experiência nesse estilo literário. Tudo que eu li de sobrenatural até hoje é voltado para o público infanto-juvenil ou jovem adulto.

Resenha: Outros Reinos

Richard equilibra fatos trágicos, nojentos e horripilantes com uma narrativa super leve e descontraída. Tinha tudo para dar errado mas deu super certo! A maneira como o autor posicionou o ponto de vista fez toda a diferença na história. Isso acontece pois o livro é contado pelo escritor Alexander White, que durante a escrita do livro, tem 82 anos mas conta o que viveu na sua adolescência.

A leitura flui bem suave pois senti como se Alex estivesse me contando uns “casos” de sua vida tamanha era a informalidade da escrita. Porém de maneira alguma a informalidade me pareceu artificial e forçada. Acredito que isso seja bem difícil de balancear e admiro muitos os autores que atingem esse equilíbrio.

“Então perguntei:
– Vou perder tudo a partir de agora?
Balançou a cabeça. Abriu um sorriso bondoso.
– Não – respondeu. – Tudo que lhe é caro sempre permanecerá dentro de você.”

E o romance? Deus sabe que eu passo bom tempo sem achar um bom romance em todos os livros que leio! O romance da obra (que eu não vou descrever porque não quero dar spoilers) é lindo, delicado e sútil. Depois de todas as adversidades pelas quais o personagem passa o romance traz um sossego e uma paz para quem lê. Pena que o sossego não dura muito tempo (como o próprio Alexander White já vai avisando sempre quando vem problema pela frente).

Quando faltava cerca de 20% do livro para ler lembrei de adicioná-lo ao meu perfil do Goodreads e quando vi o rating do livro lá quase caí para trás! O rating lá é 2,74! Portanto concluí que ou eu estou muito enferrujada nesse estilo literário (sabe de nada inocente!) ou o pessoal estava esperando mais do autor considerando suas obras anteriores.

Resenha: Outros Reinos

Nesse livro, mais uma vez, minha imaginação ignorou a descrição física de alguns personagens e já determinou quais seriam suas aparências desde o começo. Como eu imaginei personagens ligados ao cinema e à TV vou mostrar para vocês o que me mente me impôs.

Resenha: Outros Reinos

Eric jovem em The Railway Man | Daenerys Targaryen em Game of Thrones

Você vai gostar se: gosta de literatura sobrenatural, reinos encantados, bruxas, fadas.
Não leia se não gosta de: literatura sobrenatural, triângulos amorosos.
Ideias centrais: reinos encantados, floresta, bruxas, fadas.

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

7 Comments

  • TanyNo Gravatar

    Acho que esse gênero é algo muito difícil de agradar, né? São temas mais ‘adultos’, mas ao mesmo tempo é difícil sair do comum e do cliche. Talvez por você não ter tanta experiência tenha gostado tanto, mas quem costuma ler esse tipo de livro sempre deve ter achado mais do mesmo. Nem ligo porque adoro esses temas e nunca canso dessas histórias, se forem bem escritas! :)

    • EvelynNo Gravatar

      O modo como ele optou por construir a narrativa, que é contando seu passado, tem tudo pra dar errado e foi bem arriscado. Isso acoplado ao fato de que ele usa temas sobrenaturais que já foram usados muitas vezes como bruxas e fadas. Acho que é por isso que alguns amaram enquanto outros odiaram.

  • HellêNo Gravatar

    Nossa, fiquei com a maior vontade de ler, são meus tipos favoritos de histórias, e essa capa, já achei ela linda por foto, imagino pessoalmente *-*

    bjooos ;**

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *