Resenha: Asterios Polyp

Livro: Asterios Polyp
Autora: David Mazzucchelli
Editora: Companhia das Letras
Rating: [rating=4]
Skoob
Goodreads

Sinopse
Asterios Polyp é ao mesmo tempo um estudo sobre as possibilidades narrativas dos quadrinhos, um livro de design, estética, filosofia e, por que não, humor. Tudo isso sem sacrificar a trama, tão envolvente quanto os desenhos do autor.

O Asterios do título é um arquiteto de cinquenta anos, cujo renome vem exclusivamente de seus trabalhos teóricos. Mulherengo, misógino e de uma arrogância quase inacreditável, ele vê seu passado se esfacelar após um incêndio que consome sua casa. Tendo salvado apenas uns poucos objetos pessoais, Asterios parte numa viagem de ônibus, até onde o dinheiro em seu bolso puder leválo. No coração dos Estados Unidos, ele encontrará uma nova família, enquanto coloca em perspectiva os principais acontecimentos de sua vida.

Quem conta a história de Asterios é Ignazio, seu irmão gêmeo natimorto. A partir desse contraponto, Mazzucchelli cria um verdadeiro jogo de espelhos, uma trama ao mesmo tempo densa — que permite diversas leituras — e fluida como um bom romance. Para narrar a vida desse personagem complexo e multifacetado, Mazzucchelli levou a linguagem dos quadrinhos a um novo patamar, e na aparente simplicidade do traço se esconde um trabalho maduro e uma poderosa reflexão sobre o sentido dos relacionamentos, da arte, da família e, em última instância, da vida.

Livro: Asterios PolypEu não tenho muita experiência com graphic novels. Disso vocês já sabem né? Li minha primeira graphic novel mês passado (e recomendo muito!).

Dessa maneira eu me sinto uma boba lendo esses livros pois todos os recursos que devem ser super comuns para os leitores mais experientes desse gênero me deslumbram! Das ilustrações de páginas inteiras, ao posicionamento e formas dos balões de diálogo… tudo é novo para mim! E dinâmico! É o tipo de livro que te assusta por ser grosso mas, assim como em Retalhos, dá para ler em um dia.

Os assuntos tratados nessa estória são bem profundos e para falar verdade eu precisaria de mais algumas leituras para captar todas as referências e enigmas expostos pelo autor. A dualidade nos aspectos físicos e mentais do ser humano é o ponto principal abordado de maneira tão rica, diversa e intrincada à estória do personagem que deixa o leitor extasiado com a quantidade de informações em tão poucas páginas.

O uso do contraste entre roxo, amarelo e rosa e alguns artifícios como descontrução da imagem e fontes diferentes para as falas de cada personagem tornam a leitura agradável e supreendente. Apesar de a estória não ser muito envolvente indico esse livro pelo traço do artista, o contraste de cores muito bem trabalhado e pelos questionamentos e filosofias abordados.

resenha_asteriospolyp_1

By Evelyn

Viciada em farinha láctea, cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

4 comments

  1. Eu adorei Asterios Polyp, claro que na maior parte por causa das ilustrações… E confesso que me emocionei em algumas partes da história (é, sou chorona hahaha).

    Beijos

Leave a Reply to Marilia Sestari Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *