Top 10 livros de 2012

Eu não li tantos livros esse ano e não tive grandes leituras como no ano passado. É difícil comparar já que no ano passado li as séries ‘Jogos Vorazes’ e ‘Instrumentos Mortais’ e ‘As Vantagens de Ser Invisível’. Mas li alguns clássicos que tinha como meta e outros que fogem da minha ‘zona de conforto’. Foi um ano sem leituras épicas mas leituras de qualidade mesmo assim.

Fazendo esse post notei que fiz pouquíssimas resenhas esse ano. Vocês gostam de ler resenhas?

Sei que vou me arrepender da ordem que eu coloquei but here we go!


skoob

skoob

skoob


skoob


skoob | resenha


skoob


skoob


skoob


skoob



skoob

 

1. Se Você me Visse Agora – Cecelia Ahern

Nem sei porque decidi ler esse livro que acabou se tornando o favorito do ano! Estava passendo pelo Skoob e encontrei a autora de ‘P.S Eu te amo’ (já assisti o filme e embora seja lindo achei triste demais). Li a sinopse de ‘Se você me visse agora’ e achei a proposta bem interessante! Que desafio essa autora deve ter se colocado para escrever um romance entre uma mulher e o amigo imaginário de seu filho. Tinha tudo para dar muito errado mas o resultado foi um livro muito gostoso de ler, com um romance sutil e bem escrito. Indico muito! Sem contar que o livro se passa numa cidadezinha linda da Irlanda! Quero locação melhor?

 

2. A Culpa é das Estrelas – John Green

Eu geralmente não escolho ler dramas que envolvem doenças e morte porque eu não gosto de sofrer (hehehe!) mas às vezes eles são irresistíveis! E muitas vezes são as melhores leituras pois trazem muitos ensinamentos e são histórias que nos marcam muito.

Achei diferente dos outros livros que já li do John Green pois é mais delicado e sentimental. É o meu preferido do autor e acho que  ele deveria continuar nessa linha.

 

3. O Grande Gatsby – F. Scott Fitzgerald

Eu geralmente coloco tanta espectativa nos clássicos que quase sempre me decepciono. Não foi o caso desse livro! Aleluia! As descrição das pessoas, roupas, casas, carros, das festas ajuda a abrilhantar a história que flue em um ritmo agradável. O final é bem supreendente! Não quero falar mais nada para não dar spoilers! Falando nisso vem filme aí vocês viram? O elenco está de matar e têm a mesma direção de Moulin Rouge.

 

4. Como Ver Um Filme – Ana Maria Bahiana

Esse livro sanou muitas curiosidades que eu tinha a respeito do processo de pré-produção de um filme, sobre o comércio de roteiros em Holywood, sobre a hierarquia das equipes de direção, figurino, fotografia, cenário e etc. Amei amei amei! A autora ainda cita vários exemplos de filmes e cenas para ilustrar seus comentários. Recomendo muito para quem gosta de cinema!

 

5. A Seleção – Kiera Cass

Eu acho que o fato de gostar ou não de um livro vem muito do quão receptiva(o) você está no momento. Ás vezes lemos livros ótimos e não achamos tão bons pois não era exatamente o que queríamos ler no momento. Acho qu isso acontece muito com os clássicos pois são leituras mais densas e temos que estar mais receptivos a esse estilo.

No caso de A Seleção eu reconheço que não é uma das séries mais bem escritas que já li. Eu tinha acabado de entrar de férias e queria muito alguma coisa divertida para ler. Sim, minha ideia de diversão é romance e temática de realeza hehehe! Comi o livro! Só não gostei como o livro termina. Cortado no meio sem desfexo. Achei esquisito! Anyway é uma leitura bem divertida e estou ansiosa pelo próximo!

 

6.  The Lonely Hearts Club – Elisabeth Eulbery

Esse é outros que tinha tudo para dar errado. Cheio de clichês de romance de colegial e menina anônima que fica popular de uma hora para outra. Mas a maneira com que a autora inseriu as referências das músicas dos Beatles durante a história foi muito sutil, sem forçar a barra e ficar brega. Divertido! Se virasse filme eu assistiria!

 

7. O Verão que Mudou Minha Vida –  Jenny Han

Não gosto muito da temática de verão, praia, piscina. Não que eu não leia os livros de verão mas se tenho a oportunidade de escolher prefiro inverno, outono e primavera. Mas esse livro até me fez enxergar as coisas boas do da estação como nadar de noite, ler um bom livro na beira da piscina. Sem contar que a casa descrita no livro parece ser maravilhosa e super aconchegante. É um pouco lento mas romance bem gostoso!

 

8.  As Leis da Simplicidade – John Maeda

Esse livro é mais direcionada para o design mas se encaixou na minha mais nova obsessão que é aprender a viver melhor com menos. O livro em si é bem simples na linguagem e na diagramação.

 

9. O Que Aconteceu Com o Adeus – Sarah Dessen

É o segundo livro que li dela achei que ela tem um estilo bem único. É o tipo de autor que você lê um pouco e sabe que está lendo Sarah Dessen sabe?

 

10. A Vida na Porta da Geladeira – Alice Kuipers

Outro livro trágico na minha lista! Quando eu comecei a ler eu não sabia de nada mesmo! Minha mãe chegou em casa com ele e eu peguei para ler. Gostei pois achei muito interessante como autora contou a história através de bilhetes trocados por uma mãe e sua filha. Muito fofo!

 

Published
Categorized as livros Tagged

By Evelyn

Viciada em farinha láctea, cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

9 comments

  1. Sometimes you get busy and don’t have time to read a lot of books, or just do not feel like it. Some years that has happened for me, and others I have read a lot.

    I love to read your reviews, I find them very interesting! :)

    1. It’s true!
      I try to make my reviews as simple and direct as possible cause I can’t stand reading long texts on blogs hehehe!

  2. Oi Evilyn,
    Tudo bem?

    Obrigada pelo comentário lá no meu blog! Não conheço muitos dos livros que você indicou aqui, mas fiquei super curiosa para ler “Como ver um filme”. Adoro cinema, mas sinto que ultimamente tenho negligenciado essa paixão, sabe? Obrigada mesmo pela dica!

    Gostei bastante de “A Culpa é das Estrelas”. Foi o primeiro livro do John Green que eu li e pretendo correr atrás de outros. Assim como você, não suporto histórias de doença. Mas Hazel e Gus me encantaram completamente ;)

    O blog é lindo, viu?

    Beijos,

    Michas

    1. Em 2012 minhas leituras foram bem variadas. Saí da minha zona de conforto.

      Eu também adoro cinema mas quase não vou ao cinema mesmo. Assisto filmes em casa mas não na velocidade que eu gostaria também.

  3. Quero muito ler “A culpa é das estrelas” e “O grande gatsby”, mas tempo que é bom, não tem. As vezes aproveito quando estou no metrô/ônibus ou antes de dormir pra ler alguma coisa, mas sempre me sinto culpada por achar que deveria estar aproveitando o tempo pra ler algo mais “útil” que vá ser cobrado em uma prova de concurso. E vivo nesse dilema eternamente ¬¬.
    Adoro suas resenhas e indicações. Já falei que li “As Vantagens de ser Invisível” pq você indicou não é?? Me identifico com a sua visão e quando tiver tempo (entende-se passar em um concurso ou ter um emprego de verdade) vou ler todos os que estão na minha fila de espera, haha :D
    Beijos!!

    1. Ler antes de dormir não funciona no meu caso. Fico com sono muito rápido!

      Eu fico com consciência pesada de não estar lendo/comprando algum livro da minha profissão :/

      Sério?! As Vantagens de Ser Invisível é um dos melhores livros que já li! Que legal!

  4. Li “O Grande Gatsby” esse ano também e foi um dos meus livros preferidos. Ele é sensacional. Mal posso esperar pro filme!
    Quero muito ler “A Culpa É das Estrelas” e o de cinema. Tem outros da sua lista que parecem bem legais, mas tô tentando me distanciar do gênero young adult pra ler mais coisas, principalmente clássicas, que me interessam. Não sei como é contigo, mas quando eu pego um livro young adult, a maioria, e um clássico, é bastante visível a diferença de literatura. Me sinto muito melhor lendo eles do que um livro do nível ’50 tons de cinza’, sabe? hahaha

    1. Eu sempre acho que foi me decepcionar com clássicas mas com esse não foi assim! Foi muito melhor que eu imaginava!

      Sinto muita diferença também! Às vezes, ao ler YA, duvido que meu vocabulário esteja melhorando e que as histórias estejam acrescentando alguma coisa na minha vida. Fico dividida!

      Minha meta esse ano é Gabriel Garcáa Marquez e Jane Austen!

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *