web analytics
livros

Resenha: A Seleção

Livro: A Seleção
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Rating: [rating=5]
Skoob
Goodreads

Sinopse
Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha.

Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes.

Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.

A comparação com Jogos Vorazes é inevitável. Kiera Cass descreve uma sociedade distópica no futuro dividida por castas. America, a heroína da estória, é convocada a participar de uma seleção para a escolha da futura princesa e acaba indo contra a vontade pensando nos benefícios financeiros (sua família é classificada como casta Cinco e apesar de não ser muito pobre passa por dificuldades) e por outras razões  (não conto tudo para não perder a graça né?). Porém as provações que América passa são diferentes já que a competição entre 35 garotas envolve amizades, falsidade, inveja, desconfiança, segredos e insegurança.

A classificação por castas dá todo aquele drama de romances proibidos e sacrifícios por amor. Isso porque caso você se apaixone por alguém de casta inferior você é rebaixado de casta ao casar com essa pessoa. Outras regrinhas rígidas impostas aos romances e relações entre castas garantem o melodrama sem exageros criado por Cass.

Apesar da comparação óbvia que todo mundo faz com Jogos Vorazes, durante o desenvolvimento do livro é fácil notar que a estória toma um rumo completamente diferente e original. Acho que essa fórmula de menina normal passando por provações e se descobrindo mais forte que imaginava tem tudo para dar certo em várias estórias. #girlpower

Li em dois dias porque é realmente estimulante, adoro a temática de “família real” e o fluxo de leitura é muito agradável. A única coisa que não me deixou muito feliz foi o final. A estória está se desenrolando e de repente você lê “fim do primeiro livro”. É simplesmente um corte, sem desfeixo, sem muito suspense, sem nada.

Agora só me resta esperar né? A série é uma trilogia e o próximo livro “The Elite” será lançado dia 23 de abril nos Estados Unidos. Foi anunciado para março o lançamento do livro “The Selection – The Prince” que contará a estória do ponto de vista do príncipe Maxon.

O canal de TV CW pretende lançar a série The Selection em breve (a data ainda não foi anunciada). Já gravaram o piloto mas parece que decidiram fazer várias mudanças depois da gravação. Os atores escolhidos para o trio principal são Aimee Teegarden (não conheço e não sei se aprovo), Ethan Peck para interpretar o príncipe Maxon e William Moseley para interpretar Aspen. Na minha cabeça a aparência dos dois era invertida. Se não me engano Kiera descreve Aspen de cabelos escuros e olhos claros e o príncipe de cabelos claros e olhos castanhos. #confusa

Gosto de cartões postais, livros e tenho um amor infinito por animais. Pretendo conhecer toda a Europa em breve e, às vezes, gosto de me aventurar na cozinha.

9 Comments

  • KyaNo Gravatar

    It sounds interesting. That is disappointing that it ended so abruptly and you do have to wait a while for the next book. Hopefully it will be worth the wait. :D

    • LelyNo Gravatar

      Usually I take some time to start reading books or watching TV series so I can read/watch the sequels and the whole season in a row. I hate having to wait hehehe!

  • TanyNo Gravatar

    Eu nem sabia que esse livro só tinha a primeira parte. A primeira vez que eu ouvi falar foi quando a CW anunciou que seria parte da grade nova, e como ela sempre se aproveita das modinhas, até fiquei interessada mesmo sabendo que seria meio ruim. Ansiosinha pra ver o piloto porque não acho que leria o livro tão cedo..

  • Ana BeatrizNo Gravatar

    Eu quero muito ler esse livro, principalmente pelas resenhas positivas. E eu gosto de protagonistas fortes e diferentes, acho que é interessante, sem falar que os best sellers andam deixando a desejar nisso. Não me dá vontade de continuar lendo quando a personagem cai no clichê, sabe?
    Beijos!

  • tharcianeNo Gravatar

    ator Ethan peck e perfeito como príncipe serio mesmo e também o jeito que ele interpreta os filmes cada personagem ele faz muito bem eu adoro como ele faz não sei explicar e o jeito dele . bem ele e o ator que do filme eu mais gostei depois da atriz e ótima tbm adorei os dois como par

  • tharcianeNo Gravatar

    eu gostei ,muito que o ator Ethan peck é o príncipe ele mesmo não outro . no livro a escritora colocou outras característica nos personagens mais fazer oque né eu achei que atriz que eles escolheram foi um demais sei lá não sie si ela combina com o papel de nervorsinha que e a américa mais gostei dos dois fazendo par

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *