web analytics

Resenha: 826 Notas de Amor para Emma

By November 15, 2014 livros

Resenha: 826 Notas de Amor para Emma

Livro: 826 Notas de Amor para Emma
Autor: Garth Callaghan
Editora: Leya Brasil
Rating:
Skoob
Goodreads


Sinopse
Uma história de amor comovente de um pai por uma filha. Pouco depois de Emma completar 12 anos, seu pai, Garth Callaghan, descobriu que tinha câncer de rim. Determinado a fazer do tempo que lhe restava relevante, ele compilou diversos valores para auxiliar sua filha até a formatura do Ensino Médio.

Garth começou a escrever seus recados em guardanapos quando Emma ainda estava nos primeiros anos de escola. À medida que a filha foi crescendo, suas notas tornaram-se mais significativas.

826 notas de amor para Emma é um relato familiar inspirador, repleto de amor e sabedoria. No início de cada capítulo, Garth apresenta um dos recados de guardanapo para, em seguida, compartilhar uma história ligada àquela mensagem e à sua própria vida. Com olhar sensível e sábio, Garth consegue confortar os corações e tocar as almas dos leitores.

Partilho este livro porque nenhum de nós sabe quanto tempo ainda nos resta. Sim, nós caminhamos pelo planeta com a esperança de sermos invencíveis, mas todos nós sabemos que a vida pode ser tirada em qualquer instante. Eu tenho a dádiva de perceber que o fim está se aproximando. Posso reservar um tempo para fazer um balanço e dizer às pessoas que amo o quanto elas significam para mim. É a única coisa que importa. Sua casa, sua conta bancária, suas habilidades, sua profissão – nada disso importa. Tudo se resume aos relacionamentos duradouros que construímos. É isso. É tudo isso.


Capa & Diagramação

Eu só fui reparar na capa desse livro depois de ter terminado a leitura. Não sei se ela não me chamou atenção ou se eu não enxergo mesmo muita beleza nas capas de versões eletrônicas dos livros.

Eu amei a grafia do nome do livro e achei bem criativos os objetos ao redor já que trazem o contexto dos bilhetes escritos por Garth. A grafia ficaria linda em uma capa de cor sólida também mas entendo que assim fica com uma cara mais “comercial”.

Caso você se interesse por este livro aconselho que dê preferência à versão física. Lendo a versão em ebook eu ficava meio perdida pois não conseguia diferenciar logo de cara as citações ou o que Garth escreveu nos guardanapos do texto em si. Algumas vezes aparecia o desenho de um guardanapo embaixo da lições escritas por ele outras não. Acho que na versão física do livro a diagramação deve deixar essas diferenciações mais evidentes.

Personagens, Enredo & Impressões gerais

O clima do livro começa meio pesado já que sabemos o que vai acontecer mas não sabemos como nem quando. O suspense e a espera me mantiveram muito apreensiva!

Depois que “o fato” determina a vida de Garth e de sua família, o livro começa a tomar forma e mostra sua diferenciação dentre os muitos livros sobre câncer por aí. É inspirador ver como o autor, com a ajuda de sua família passa pelas agonias e os sofrimentos da doença e mesmo assim perdura, escolhendo levar uma vida positiva e fazer a diferença na vida dos outros.

A preocupação de Garth com sua filha Emma foi um dos pontos mais tocantes do livro para mim. A relação de pai/mãe/filhos é, na minha opinião, determinante na formação de caráter, personalidade, gostos, desejos e escolhas pelo resto da vida. A maneira como ele quis deixar claro o que sentia e os valores e ensinamentos que queria deixar para sua filha é linda e está, graças ao livro e a sua página no Facebook, sendo replicada por muitas pessoas.

“Este livro é um chamado. Para acordar. Conectar-se. Compartilhar seus sentimentos. Faça aquele telefonema. Escreva aquele bilhete. Porque eu conheço muito bem a fragilidade da vida e sei o quanto é importante reservarmos um tempo para nos aproximar daqueles que amamos, enquanto ainda estamos aqui, enquanto ainda podemos.”

Durante minha faculdade de Nutrição, aprendi que poucas coisas são uma forma de carinho mais especial que cozinhar para aqueles que você quer agradar e/ou aqueles que você ama. Garth conseguiu aliar dois carinhos impagáveis em um só: arrumar o lanche/almoço de sua filha e escrever as mensagens em guardanapos. E o legal é que as dentre as mensagens várias são bem específicas e pessoais. Não são só aquelas citações que a gente acha na internet não! Que pai mais lindo e especial gente! E ainda por cima é nerd!

Resenha: 826 Notas de Amor para Emma

Assim que acabei de ler o livro fui procurar mais sobre Garth na internet e seguí-lo nas redes sociais! Já estou pensando em formas de colocar em práticas as ideias de dele!

Você vai gostar se: gosta de lições de vida, histórias inspiradoras.
Não leia se não gosta de: histórias que envolvam doenças graves.
Ideias centrais: melhorar relacões em família, guardanapos, câncer.

You Might Also Like

Novidades: Outubro

By November 9, 2014 livros, novidades

Tenho tanta novidade pra contar que até demorei mais que o normal para organizar esse post!

Compras, Trocas & Livros Emprestados

Finalmente vou ler Maze Runner! Peguei esse numa troca no Skoob e vou apressar a leitura para ler antes de cair na tentação de assistir!

Eu ganhei o livro Brilho num sorteio no início do ano mas acontece que ele demorou a ser enviado e depois eu fui deixando ele no serviço e nunca fotografava. Então o livro aparece aqui como novidade desse mês embora seja mais antigo na minha estante.

Novidades: Outubro 2014

Novidades: Outubro 2014

O que chegou de parceria

Os dois primeiros livros chegaram de parceria com a Editora Leya e já li os dois. Vou contar o que achei nas próximas semanas!

Novidades: Outubro 2014

Novidades: Outubro 2014

Da Editora Arqueiro recebi Primavera Eterna que eu já resenhei :)

Novidades: Outubro 2014

Da Editora Novo Conceito chegou um pacote muito elegante protegido por magia! Estava esperando por esse lançamento há um tempão! Separadamente recebi também os lançamentos lindos de outubro.

Novidades: Outubro 2014

Novidades: Outubro 2014

Novidades: Outubro 2014

Novidades: Outubro 2014

Novidades: Outubro 2014

Novidades: Outubro 2014

Novidades: Outubro 2014

Novidades: Outubro 2014

Novidades: Outubro 2014

You Might Also Like

Resenha: Vinte Garotos no Verão

By November 2, 2014 livros

Resenha: Vinte Garotos no Verão

Livro: Vinte Garotos no Verão
Autor: Sarah Ockler
Editora: Novo Conceito
Rating:
Skoob
Goodreads


Sinopse
Segundo a melhor amiga de Anna, Frankie, vinte dias na praia é a oportunidade perfeita para fazer algumas loucuras. Se elas conhecessem um menino por dia, haveria uma boa chance de Anna viver o seu primeiro amor de verão. Ana aceita entrar na brincadeira, mas há algo que ela não contou a Frankie – ela já teve o seu amor, e ele era o irmão mais velho da própria Frankie, Matt. Um pouco antes de ele morrer tragicamente. Este livro honesto e emocionado fala sobre o significado de amar alguém, sobre o luto, e, especialmente, sobre aproveitar ao máximo cada momento que este mundo nos oferecer. “Sarah traz uma visão delicada sobre o gosto salgado das ondas do mar e o frio na barriga que a gente sente antes do primeiro beijo, enquanto fala sobre os sentimentos que envolvem a amizade, a família e os amores que são vividos” – Lisa Ann Sandell, autora de The Weight of the Sky e Song of the Sparrow.


Capa & Diagramação

Eu cobiçava esse livro na época que ele foi lançado na gringa porque o título e a a capa haviam chamado muito minha atenção. Eu fiquei mega feliz quando descobri que a Novo Conceito conservou a capa original porque além de ser linda e simples tá na cara que tem algum significado que se entrelaça com a história.

Não gostei muito do desenho que foi inserido no início de cada capítulo porém no mais o projeto gráfico me agrada.

Resenha: Vinte Garotos no Verão

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Eu tinha mil razões pelas quais eu queria ler esse livro LOGO! Acabei demorando mas eu passei ele na frente de um monte de outros livros que quero muito ler também.

Já ouvi sobre ele nos canais das youtubers gringas, já ouvi sobre ele no Goodreads e, por fim, ouvi comentários muito bons da Ju Oliveto numa edição da Caixinha de Correio do mês em que a Novo Conceito lançou o livro.

Eu tinha expectativas bem altas pois, além dos comentários, a sinopse é bem interessante. Achei que o livro se destacaria dos demais do gênero pois misturaria um young adult divertido com um assunto mais pesado que é a perda de um irmão/filho/namorado.

Contudo eu não consegui embarcar no sentimento de perda de Anna. O mais próximo que cheguei de me sentir triste pela perda foi com relação a mãe de Matt. E nem sei se foi pela escrita da Sarah Ockler. Acho que foi mais pela dor que eu imagino que uma mãe sinta ao perder seu filho.

Daí para frente (estou sendo bem vaga para não dar spoilers hehehe!) eu realmente não me senti cativada pelas inseguranças, pelos amores e dúvidas de Anna. E para completar não curti mesmo (juro que tentei!) a melhor amiga Frankie. Ela me pareceu uma personagem bem comum dessas histórias, a típica garota americana que se mostra de um jeito para os pais mas que na verdade, ao sair de casa, veste roupas curtas, usa mais maquiagem que deveria e se oferece aos meninos. Já vi essa personagem várias vezes e Frankie não me pareceu ter nenhum diferencial.

“Na verdade, as coisas não vão embora. Elas se transformam em algo diferente. Em algo mais bonito.”

Apesar de ser um livro muito bom ficou muito aquém do que eu esperava pois se mostrou apenas mais um young adult de verão sema profundida e o impacto que prometia ter.

Acho que eu não curti muito pois não consegui me identificar com nenhuma das personagens e nenhuma das situações contadas. E acho que é justamente por haver esse tipo de identificação que muitas pessoas amam esse livro. A identificação é um pequeno fator que altera completamente a visão que o leitor tem sobre o livro. Por isso temos opiniões tão diferentes por aí. Já cansei de ver comentários negativos sobre livros que eu considero eu considero obras primas. Mundo louco, né?

Você vai gostar se: romances de verão, young adult.
Não leia se não gosta de: praia, luto.
Ideias centrais: viagem, Califórnia, romance adolescente, luto.

You Might Also Like

#Cupobook: Quero muito O Nome do Vento

By October 27, 2014 promoções

O Cuponation, que é parceiro aqui do blog, me convidou para escolher um livro que eu desejo muito para participar #Cupobook, uma campanha vai vender livros com mega descontos por 24 horas nessa quarta-feira, dia 29/10!

Pra quem ainda não me viu falar aqui no blog e não conhece, o Cuponation é um site que centraliza e oferece vários cupons de descontos em lojas bastante conhecidas e populares (principalmente entre os compradores compulsivos de livros hehehe!).

Cupobook: O Nome do Vento

O livro que eu escolhi é O Nome do Vento do Patrick Rothfuss! Já ouvi falar muito bem desse livro em vários canais literários gringos e parece ser bem o tipo de história que eu estou curtindo no momento! Aqui no Brasil ele é publicado pela Editora Sextante. Dá uma olhada na sinopse e sente o drama!


Sinopse

Ninguém sabe ao certo quem é o herói ou o vilão desse fascinante universo criado por Patrick Rothfuss. Na realidade, essas duas figuras se concentram em Kote, um homem enigmático que se esconde sob a identidade de proprietário da hospedaria Marco do Percurso.

Da infância numa trupe de artistas itinerantes, passando pelos anos vividos numa cidade hostil e pelo esforço para ingressar na escola de magia, O nome do vento acompanha a trajetória de Kote e as duas forças que movem sua vida: o desejo de aprender o mistério por trás da arte de nomear as coisas e a necessidade de reunir informações sobre o Chandriano – os lendários demônios que assassinaram sua família no passado.

Quando esses seres do mal reaparecem na cidade, um cronista suspeita de que o misterioso Kote seja o personagem principal de diversas histórias que rondam a região e decide aproximar-se dele para descobrir a verdade.

Pouco a pouco, a história de Kote vai sendo revelada, assim como sua multifacetada personalidade – notório mago, esmerado ladrão, amante viril, herói salvador, músico magistral, assassino infame.

Nesta provocante narrativa, o leitor é transportado para um mundo fantástico, repleto de mitos e seres fabulosos, heróis e vilões, ladrões e trovadores, amor e ódio, paixão e vingança.


Sempre que eu pesquisei para comprar esse livro me desanimei por causa do preço. Ele é daquele tipo de livro que custa um pouco acima da média e nunca entra em promoção, sabe? Mas de quarta-feira eu não vou deixar passar! Já que o #Cupobook dá desconto em qualquer livro dá até para investir nesses que geralmente a gente desanima de comprar por alguma razão.

Como participar?

Para participar também é só falar sobre aquele livro que você deseja muito no seu blog e no mesmo post falar do #Cupobook. Você tem, também, que contar para o pessoal da Cuponation (no formulário abaixo que vai estar liberado para uso na quarta) qual é o livro que você deseja para que eles consigam um mega desconto pra você! Caso o desconto não acontecer o Cuponation garante pagar uma parte do livro pra você. Demais né?!

Importante

Para conseguir os descontos na quarta-feira você precisa comprar usando os links do site ou das redes sociais do Cuponation, tá?

Biejos e happy reading!

You Might Also Like

Resenha: Primavera Eterna

By October 25, 2014 livros

Resenha: Primavera Eterna

Livro: Primavera Eterna
Autora: Paula Abreu
Editora: Arqueiro
Rating:
Skoob


Sinopse
Maia é uma jovem publicitária bem-sucedida. Tem um emprego estável, um namoro estável, uma vidinha estável. Até demais. Certo dia, tentando imaginar como seria sua vida no futuro, o casamento, os filhos, visualiza duas crianças loirinhas correndo… Loirinhas? Então ela se dá conta de onde vem aquela cor de cabelos: Diogo, o menino por quem se apaixonou à primeira vista aos 12 anos, numa cidadezinha do interior, onde costumava passar os fins de semana com a família. Acontece que ele se mudou para os Estados Unidos há mais de dez anos, e a essa altura da vida, já nem deve se lembrar mais dela.
Mesmo assim, num impulso, Maia pede férias na agência, inventa uma viagem de trabalho como desculpa para o namorado e vai para Nova York, atrás do seu primeiro amor. Primavera Eterna é a história de uma jovem cheia de sonhos esquecidos, que ousa arriscar tudo o que tem e acaba encontrando a si mesma.


Capa & Diagramação

Que ilustração mais delícia que providenciaram para a capa desse livro! Parabéns a Andrea Ebert, responsável pelo desenho, pela simplicidade do traço e pelas cores suaves.

O projeto gráfico desse livro, como um todo, é bem bonito, sem muita firula, com fonte super confortável de ler e as páginas ásperas e amareladas que todo mundo adora.

Resenha: Primavera Eterna

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Eu li a sinopse desse livro quando fui solicitá-lo mas ao começar a leitura eu não lembrava muito bem do que se tratava e comecei a ler assim mesmo. Gosto de ler algumas coisas sem conhecer a sinopse porque acho que o fator surpresa fica mais presente nessas leituras. E com uma capa fofa dessa eu senti vontade de ler o livro de qualquer jeito!

A história em si é muito simples e as emoções são tratadas de forma bastante superficial. Porém, ao meu ver, essa foi claramente a intenção da autora. Paula Abreu pareceu almejar uma leitura rápida, sem muita densidade mas carregada de significados e ensinamentos. O mais valioso disso tudo é que a autora insinua que o ensinamento contido na história veio de sua própria vivência. Eu não sei se isso é verdade mas adicionou um “quê” de sinceridade e identificação.

Ela mistura de forma bem sutil um pouco de sonhos infantis, da magia de estar e conhecer um lugar novo e da dureza da realidade. Recheado de dúvida e expectativa eu fui levada pela leitura inteira em poucas horas sem perceber.

“Algumas respostas estão contidas nas perguntas.”

E a conclusão do livro me deixou satisfeita, acima de tudo, pois trouxe à tona um aspecto da vida que me identifica que é equilibrar os momentos mágicos, de alegrias e realizações com a dureza que a “realidade” coloca em nosso caminho.

Achei a leitura agradável, leve e inspiradora. Espero que a Paula Abreu tenha muito sucesso e que escreva mais futuramente!

Resenha: Primavera Eterna

Você vai gostar se: histórias curtas, histórias de amor de infância.
Não leia se não gosta de: histórias menos densas.
Ideias centrais: amor de infância, viagem.

You Might Also Like

TOP 5: Brinquedos que eu queria ter guardado para meu filho

By October 18, 2014 top 5

Voltei com os temas do Rotaroots! Aos poucos estou colocando minha vida no eixo gente!

Eu não sou uma pessoa que fica guardando coisas que eu acho que podem sem úteis a outras pessoas. Principalmente quando eu penso no preço dos brinquedos e o quão impossíveis eles podem ser para algumas crianças. Eu não quero ficar empacando a alegria e os bons momentos que eu tive quando criança no armário! Por isso eu acabei não guardando quase nada daqueles tempos mas não me arrependo.

Casa da Barbie

Top 5: Brinquedos que eu queria ter guardado para meu filho A minha montada dentro do meu armário e eu passei muitas e muitas horas mobilhando, planejando e brincando. Minha casa da Barbie era bem mais humilde que essa e na época já era meio antiquada pois é aquele tipo de brinquedo que vai passando entre as crianças da família até sair da fase de brincadeiras e passar para outra criança, sabe? O meu exemplar era exatamente como este.

Tazo

Top 5: Brinquedos que eu queria ter guardado para meu filho Até hoje eu me perguntou omo uma coisa tão idiota podia me entreter tanto? Acho que os brinquedos de forma geral eram bem mais simples e nós brincávamos muito mais tempo com eles. Demorávamos a enjoar porque não era todo dia que se ganhava um brinquedo novo. Era um evento ganhar coisa nova! Eu tinha muuuuuito Tazos e não tenho ideia de onde foram parar.

Ioio

Top 5: Brinquedos que eu queria ter guardado para meu filhoTaí outra coisa idiota que me e divertia por horas e horas pois exigia muito treino para fazer bonito e mostrar pra todo mundo.

Lego

Top 5: Brinquedos que eu queria ter guardado para meu filho Um dos poucos brinquedos que eu guardo até hoje. Guardo porque amo, porque sempre falo que ainda vou usar mesmo sabendo que não vou e porque o treco é caro demais! Já era antes e agora é ainda mais!

Cara a Cara

Top 5: Brinquedos que eu queria ter guardado para meu filho Juntamente com o Lego e o Nintendo esse foi o jogo mais usado aqui em casa. O fato de a família inteira se divertir jogando Cara a Cara contribui para eu sempre ter companhia para jogar e demorar bastante para enjoar desse aí. Amo!

You Might Also Like