web analytics

TOP 5: Livros que mudaram minha vida

By April 18, 2015 top 5

Oi Romantics!

Dei uma sumida porque peguei uns freelas no fim de semana (chaching!) mas agora vai voltar tudo ao normal.

Nesse mês, o Rotaroots propôs aos blogueiros um meme sobre os 3 livros que mudaram a sua vida. Os livros que mudaram a minha vida não são clássicos da literatura e podem nem ter impactado tanto seus leitores. Mas eles se encaixaram em um momento da minha vida em que eu estava aberta as reflexões que as obras trouxeram e provavelmente eles me agregaram valores que eu carecia naquele momento, ainda que inconscientemente.

TOP 5: Livros que mudaram minha vida

1. Harry Potter e a Pedra Filosofal – J.K. Rowling
Esse livro mudou minha vida pois foi o primeiro de uma série que incentivou meu interesse pela literatura, me divertiu por muitas e muitas horas, me trouxe amigos incríveis e me incutiu valores e ensinamentos para a vida toda.

2. Convergente – Veronica Roth (comentário)
O começo da série se mostrou como uma distopia tão divertida de ler quanto qualquer outra. Porém a medida que a série progrediu eu percebia na personagem da Tris valores, formas de pensar e atitudes que me faltavam. Ver/ler Tris defendendo seus ideais, se sacrificando em prol dos mais fracos, lutando pelo que acreditava, cometendo erros e tentando corrigi-los me inspira e me dá forças a fazer o mesmo.

3. Sonhe Mais – Jai Pausch (resenha)
Esse livro foi escrito pela viúva de Randy Pausch após dua morte. Randy era um cara muito bem sucedido que morreu de câncer e lutou contra a doença por vários anos. Sabendo que morreria logo Randy planejou tudo para que o impacto da sua morte fosse o menor possível para sua família.

É um livro super triste mas que me ensinou a ser mais positiva, aproveitar mais os pequenos momentos e a lidar com a morte de maneira mais natural. Tudo isso requer uma luta diária e é por isso que tenho essa família como inspiração e de volta e meia gosto de assistir palestras e entrevistas de Randy no YouTube.

4. Olhe Nos Meus Olhos – John Elder Robison
Eu não sabia nem metade das coisas que esse livro me ensinou sobre Síndrome de Asperger, sobre autismo, sobre diferenças e sobre como nós não sabemos nada uns dos outros. O trunfo desse livro, para mim, é se colocar no lugar do outro e sobretudo dar chances para que as pessoas mostrem seu valor.

5. Violetas na Janela – Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho
Foi o primeiro livro espírita de muitos que acabei lendo mais tarde. Li uma cópia emprestada pela minha avó já que desde cedo ela percebia e alimentava meu amor pela literatura. É um ótimo livro para jovens que queiram aprender sobre a religião pois é bem suave e traz muitas informações interessantes para os iniciantes.

You Might Also Like

Resenha: O Encantador de Flechas

By April 5, 2015 livros

Resenha: O Encantador de Flechas

Livro: O Encantador de Flechas
Autor: Renan Carvalho
Editora: Novo Conceito
Rating:
Skoob
Goodreads


Sinopse
Imersa em uma ditadura ideológica, a isolada cidade de Acigam sofre com a ameaça da guerra civil. De um lado, a Guilda, um grupo que usa os ensinamentos da Ciência das Energias para exigir os direitos da população. Do outro, um governo tirano, com soldados especialistas em aniquilar magos, nome vulgar dado aos praticantes de tal ciência. No meio desse conflito vive Leran, um garoto prestes a se formar na escola e não sabe qual futuro pode ter em uma cidade como Acigam. Após o envolvimento dos membros de sua família na rebelião, ele percebe que também está fadado a participar da guerra e vive uma aventura alucinante para descobrir mais sobre a misteriosa ciência que permite encantar objetos com a energia dos elementos. Leran deverá conciliar suas preocupações com a irmã mais nova, a recente vida amorosa e o medo de ser capturado pelos terríveis silenciadores.


Capa & Diagramação

A capa não me chamaria atenção numa livraria mas ao longo da leitura fui percebendo o valor dos detalhes na ilustração. Porém continuei não gostando símbolo inserido no título.

Resenha: O Encantador de Flechas

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Dentre os livros enviados pela Novo Conceito em março decidi pegar esse só porque não estava com vontade de ler nenhum dos outros dois. Tinha 0% de expectativa e já comecei a ler com pé atrás porque estatisticamente falando a chance de eu gostar de algum livro nacional é pequena.

Vocês sabem que eu fico muito feliz com o espaço e o valor cada vez maior dado aos autores nacionais mas a maioria das obras ainda não tem condição de competir com os autores lá de fora.

Resenha: O Encantador de Flechas

O gênero de literatura fantástica é um dos meus favoritos e depois de ter lido vários livros do mesmo estilo não é fácil achar um que não caia na mesmice.

O Encantador de Flechas foi uma surpresa muito grande! Esse autor é muito habilidoso em prender a atenção do leitor e acender a avidez por ler mais uma página, mais um capítulo, mais, mais, mais.

A escolha dos nomes dos personagens, da cidade, das magias e etc foi bem isenta de “brasileirisses” como já é esperado de autores nacionais e que me incomodam. O Renan desenvolver todo o universo de Supernova sem inserir regionalismos.

“O fato é que quando é necessário lutar para comer, a vontade de lutar por liberdade fica em segundo plano. A briga por direitos só acontece quando nossas necessidades básicas estão sanadas.”

Não posso contar detalhadamente as razões que me fizeram gostar do livro porque vai ser um spoiler atrás do outro. Supernova tem reviravoltas inacreditáveis fazendo com que alguns personagens que antes eram “apaguadinhos” se tornem o centro das atenções. Aconteceu isso com meu personagem favorito e por isso eu não vou contar quem é :P As cenas de combate são incrivelmente boas e, além do romance, são os pontos altos do livro pra mim.

A mescla entre ação, aventura, romance e drama é perfeita! Não perde em nada para os grandes nomes internacionais e eu não me aguento de ansiedade para ler o próximo!

Resenha: O Encantador de Flechas

Você vai gostar se: gosta de reviravoltas, fantasia, distopia.
Não leia se não gosta de: Cassandra Clare, Holly Black.
Ideias centrais: magia, guerra, rebeldes.

You Might Also Like

Novidades: Março

By March 28, 2015 livros, novidades

Oi gente!

Resolvi contar sobre as novidades do mês de maneira diferente em março. Me digam se vocês preferem saber dessas novidades por vídeos ou fotos (ou talvez pelos dois :D).

You Might Also Like

Resenha: Para Sir Phillip, Com Amor

By March 21, 2015 livros

Resenhas: Para Sir Phillip, Com Amor

Livro: Para Sir Phillip, Com Amor
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Rating:
Skoob
Goodreads


Sinopse
Para Sir Phillip, Com Amor – Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências.
Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos.
Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar?
Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços.
Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro.


Capa & Diagramação

Adoro o padrão que a série de livros da Julia Quinn traz! As capas são elegantes e muito harmônicas! A diagramação do miolo segue a mesma linha limpa e elegante.

Resenhas: Para Sir Phillip, Com Amor

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Os livros anteriores da Julia Quinn estão na minha wishlist faz tempo! Quando a Editora Arqueiro me ofereceu essa leitura não pude recusar mesmo sabendo que muito provavelmente receberia vários spoilers das outras obras. Sabia disso pois em cada livro Quinn explora a história de um membro diferente da família Bridgerton e é impossível contar a história de alguém sem relacionar com a história de seus irmãos, primos e etc.

E de fato aconteceu! Então, se você não gosta de saber quem ficou com quem e como antes da hora aconselho que comece pelo primeiro livro: O Duque e Eu (muitíssimo elogiado!).

“Não, ela não precisava de alguém perfeito. Só precisava de alguém perfeito para ela.”

Eu geralmente não gosto de spoilers mas nesse caso, mesmo sabendo o final de algumas histórias ainda fiquei com vontade de saber como os fatos se desenrolaram. Fiquei super curiosa pois cada membro da família tem personalidades e manias diferentes. Portanto acho que cada romance, mesmo seguindo os clichês de romances épicos, foi explorado de maneira diferente.

Resenhas: Para Sir Phillip, Com Amor

Eu não achei a leitura tão boa quanto imaginei que seria. Acho que não estava “no clima” para romances mas mesmo assim me diverti e entendi porque tanta gente gosta dos livros dessa autora. Ela realmente tem uma escrita fluida e cativante e os galãs são impossivelmente irresistíveis!

Em meio a tantos clichês o que realmente se destaca em Para Sir Phillip, Com Amor é a profundidade dos personagens e como eles cativam os leitores de forma incrivelmente rápida!

Adorei a experiência e indico muito!

Resenhas: Para Sir Phillip, Com Amor

Você vai gostar se: romances épicos, personagens cativantes.
Não leia se não gosta de: clichês.
Ideias centrais: cartas, Inglaterra, romance, filhos.

You Might Also Like

Novidades: Fevereiro

By March 15, 2015 novidades

Agora sim as novidades voltaram ao ritmo normal (só que atrasadas hehehe!)!

Compras, Trocas & Livros Emprestados

Finalmente eu vou ler Quatro! Quem já tá com ingresso de Insurgente comprado levanta a mão!
Novidades: Fevereiro 2015

O que chegou de parceria

E finalmente (outra vez!) vou ler Julia Quinn! Recebi Para Sir Phillip, Com Amor da Editora Arqueiro e comecei minha saga da autora no quinto livro. Já levei um bocado de spoiler dos livros anteriores mas não tem problema. Acho que isso não vai estragar a experiência de leitura porque o final todo mundo já sabe, né?
Novidades: Fevereiro 2015

Olha quanto lançamento delícia da Editora Novo Conceito! Mandaram um “aperitivo” de A Mais Pura Verdade que na é lançamento de março.
Novidades: Fevereiro 2015

Novidades: Fevereiro 2015

Novidades: Fevereiro 2015

Novidades: Fevereiro 2015

Novidades: Fevereiro 2015

Novidades: Fevereiro 2015

Novidades: Fevereiro 2015

Novidades: Fevereiro 2015

You Might Also Like

Resenha: Uma Casa no Meio do Caminho

By March 8, 2015 livros

Resenha: Uma Casa no Meio do Caminho

Livro: Uma Casa no Meio do Caminho
Autor: Barry Martin e Philip Lerman
Editora: Arqueiro
Rating:
Skoob
Goodreads


Sinopse
Uma casa no meio do caminho – Um enorme shopping estava prestes a ser construído na cidade americana de Seattle, mas no meio do terreno havia a casinha de Edith Wilson Macefield, uma velhinha durona que estava decidida a não arredar pé dali. Quando o responsável pela obra, Barry Martin, foi conversar com ela, todos acreditaram que iria convencê-la a mudar de ideia. Mas estavam redondamente enganados.

Nesta emocionante e singela história real — que serviu de inspiração para uma campanha de divulgação do filme Up: Altas aventuras —, Barry conta como nasceu a inusitada amizade entre ele e Edith, e as lições de vida que aprendeu com ela.


Capa & Diagramação

O trabalho gráfico desse livro é a coisa mais linda! Ele tem um formato reduzido e a capa projetada para fazer o leitor se apaixonar imediatamente! Amo as cores e a simplicidade do desenho além da combinação das fontes e a hierarquia empregada no conjunto. É muito amor!

Resenha: Uma Casa no Meio do Caminho

Personagens, Enredo & Impressões gerais

Projetos gráficos fofos à parte a escrita do livro é bem gostosa e flui bem. Achei que Barry foi um pouco repetitivo nas suas dúvidas e dramas mas ainda sim ele é o grande personagem do livro para mim. O livro foi construído para exaltar Edith, trazer a história de vida dela, seus dramas, dificuldades e alegrias. Aos poucos Barry vai descobrindo que Edith já passou poucas e boas nessa vida e esteve envolvida com pessoas famosas e em eventos históricos importantes. Mas o personagem mais inspirador para mim foi Barry. Ele não teve uma vida extraordinária, é apenas um engenheiro, pai de família que gosta de pescar.

Eu acabei não me sentindo tão envolvida emocionalmente com a história de Edith. Sei que ela teve uma história difícil, de muitas perdas e traumas mas fico muito mais admirada quando encontro um idoso que consegue ser feliz e amoroso apesar de tudo que já tenha passado.

É claro que ela inspirou a criação de um dos idosos mais fofos e mais inspiradores EVER que foi o Senhor Frederiksen. A Pixar tem mesmo o dom de passar açúcar em tudo de jeito que fica impossível não cair de amores pelos personagens.

Resenha: Uma Casa no Meio do Caminho

O que mais tirei de lição desse livro porém foram as atitudes de Barry que amou incondicionalmente essa velhinha. É difícil ver esse tipo de amor em membros da mesma família e Barry fez isso por alguém que ele conheceu há pouco tempo e que não tinha nenhuma relação anterior com ele.

“Se eu era o cara que eu pensava ser, um amigo verdadeiro e fiel em qualquer circunstância, então eu tinha que aceitar Edith como ela era: alguém que mudou a minha vida ao me mostrar que o mundo é muito, muito maior do que eu jamais imaginaria.”

É realmente incrível pensar em todas as coisas que ele e sua família abdicaram e sacrificaram para dar amor e qualidade de vida à Edith.

Assim como, também é incrível ver como sua visão de mundo, sua relação com seus filhos e esposa mudou e como sua experiência com as dificuldades com seus pais foi enriquecida.

O livro acabou não sendo tão bom quanto eu esperava mas ainda sim me trouxe histórias inspiradoras e uma aprendizagem que não me arrependo de ter investido algumas horas!

Resenha: Uma Casa no Meio do Caminho

Você vai gostar se: histórias reais, personagens inspiradores.
Não leia se não gosta de: monotonia.
Ideias centrais: idosos, histórias do passado, lições de vida.

You Might Also Like